CineBuzz
#CineBuzzJáViu / NOVIDADE

Loki ganha segunda chance em nova série da Marvel | #CineBuzzIndica

Produção chega ao Disney+ nesta quarta-feira (9) com episódios semanais

Henrique Nascimento | @hc_nascimento Publicado em 08/06/2021, às 13h00

Loki ganha segunda chance em nova série da Marvel - Divulgação/Marvel Studios
Loki ganha segunda chance em nova série da Marvel - Divulgação/Marvel Studios

Loki (Tom Hiddleston) chegou ao Universo Cinematográfico da Marvel como um vilão, com o objetivo de se tornar Rei de Asgard, depois Midgard – a Terra – e, quem sabe, conquistar outros reinos, expandindo os seus domínios. No entanto, ele foi detido, preso e teve a chance de se redimir, tornando-se um dos personagens favoritos dos fãs. Só que agora, com a estreia de “Loki”, nova série da Marvel, nada mais importa, porque tudo ficou no passado. Ou melhor, no futuro, que ele nunca viveu.

Na história, depois de conseguir fugir da prisão por suas ações na batalha de Nova York, ao roubar o Tesseract em “Vingadores: Ultimato” (2019), Loki se torna um Criminoso Temporal e vai parar na Autoridade de Variação Temporal (AVT), uma organização responsável por manter o controle da Linha do Tempo Sagrada, impedindo que ramificações surjam e a danifiquem.

Lá, o Deus da Trapaça é alertado sobre o problema que causou ao fugir de seu destino e é confrontado com toda a sua história e as consequências de suas decisões, que culminam em sua morte pelas mãos do vilão Thanos (Josh Brolin). Dedicido a mudar a sua situação, por não acreditar que as pessoas tenham um futuro pré-definido, Loki tenta fugir, mas vê que é inútil e é aí que entra Mobius (Owen Wilson), um dos funcionários da organização, e o concede uma segunda chance.

Há uma variante – assim como Loki, alguém que fugiu da Linha do Tempo Sagrada – e ela está causando problemas à AVT. Aparentemente impossível de ser pega a tempo, ela está criando armadilhas para os Homens-Minuto – uma espécie de polícia da organização -, roubando-os e, vez ou outra, matando-os. E o Deus da Trapaça pode ajudar a detê-la ou simplesmente ser “resetado”, o que o faria voltar a cumprir o seu destino.

A partir desse ponto, começa uma aventura que casa a série “Doctor Who” com filmes de terror – como “Zodíaco” e “O Silêncio dos Inocentes”, já adiantou o roteirista Michael Waldron – e toda a magia do Universo Cinematográfico da Marvel, com direito a viagens por períodos e lugares históricos, além de um empolgante mistério. Nós, do CineBuzz, assistimos aos dois primeiros episódios de “Loki” e podemos garantir que a novidade não decepciona os fãs do personagem e, certamente, pode angariar novos admiradores para o Deus da Trapaça.

Outro ponto importante da série é que ela alimenta ainda mais a teoria de que algo está prestes a dar errado e, em breve, teremos muitos problemas com o multiverso. A AVT é responsável por evitar que aconteçam os eventos Nexus – ou seja, alterações na Linha do Tempo Sagrada -, mas a variante fugitiva está ocasiando esses fenômenos propositalmente. Por quê? Essa é a resposta que deveremos ter até o fim da temporada, que tem início já nesta quarta-feira (9). Enquanto isso, nós aproveitamos mais uma aventura épica da Marvel.

Além de Hiddleston Wilson, o elenco de “Loki” ainda conta com Gugu Mbatha-Raw (“O Paradoxo Cloverfield’), Sophia Di Martino (“Yesterday”), Jack Veal (“The End of the Fucking World”), Wunmi Mosaku (“Lovecraft Country”) e Richard E. Grant (“Star Wars: A Ascensão Skywalker”). Assista ao trailer da série: