CineBuzz
Cinema / Premiações / MAIOR PREMIAÇÃO DO CINEMA

Ariana DeBose é a primeira atriz declaradamente LGBTQIA+ a vencer o Oscar

Atriz venceu na categoria de Melhor Atriz Coadjuvante por sua atuação em "Amor, Sublime Amor"

ANGELO CORDEIRO | @ANGELOCINEFILO Publicado em 27/03/2022, às 21h26

Ariana DeBose é a primeira atriz declaradamente LGBTQIA+ a vencer o Oscar - Divulgação/20th Century Studios
Ariana DeBose é a primeira atriz declaradamente LGBTQIA+ a vencer o Oscar - Divulgação/20th Century Studios

A 94ª cerimônia do Oscar aconteceu na noite deste domingo (27), em Los Angeles, nos Estados Unidos, e homenageou as melhores produções e os melhores profissionais da indústria cinematográfica a cada ano.

Neste ano, a categoria de Melhor Atriz Coadjuvante foi disputada por: Judi Dench, por "Belfast"; Ariana DeBose, por "Amor, Sublime Amor"; Kirsten Dunst, por "Ataque dos Cães"; Jessie Buckley, indicada por "A Filha Perdida"; e Aunjanue Ellis, nomeada por "King Richard: Criando Campeãs".

E a atriz Ariana DeBose fez história ao ser eleita pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas a Melhor Atriz Coadjuvante por sua performance em "Amor, Sublime Amor", dirigido por Steven Spielberg.

Com seu prêmio, Ariana se tornou a primeira mulher declaradamente queer a vencer um Oscar. Antes dela, entre os atores, John Gielgud ganhou o prêmio de Melhor Ator Coadjuvante, em 1982, por "Arthur, o Milionário Sedutor'".

Gielgud é considerado o primeiro ator abertamente gay a ganhar um Oscar, embora raramente tenha discutido o assunto abertamente.