CineBuzz
Facebook CineBuzzTwitter CineBuzzInstagram CineBuzz
Cinema / Premiações / PREMIAÇÃO

"Turma da Mônica - Lições" e mais! Conheça os vencedores do 6º Prêmio Abra de Roteiro

“A Última Floresta”, com roteiro de Davi Kopenawa Yanomami e Luiz Bolognesi, também foi um dos vencedores da premiação

Thamyris Couto| @thamy_couto Publicado em 15/07/2022, às 13h35 - Atualizado às 14h00

"Turma da Mônica - Lições" e mais! Conheça os vencedores do 6º Prêmio Abra de Roteiro - Divulgação/Paris Filmes
"Turma da Mônica - Lições" e mais! Conheça os vencedores do 6º Prêmio Abra de Roteiro - Divulgação/Paris Filmes

Na noite da última quinta-feira (14), a Associação Brasileira de Autores-Roteiristas, conhecida pela sigla Abra, anunciou os vencedores da sexta edição do Prêmio Abra de Roteiro, realizado com patrocínio do Projeto Paradiso, instituição filantrópica de apoio aos talentos do audiovisual.

Com apresentação do humorista Gui Preto, o grande homenageado da edição mais recente foi o diretor, roteirista, e produtor-executivo, Joel Zito Araújo. Ele recebeu o prêmio em seu primeiro filme de ficção, “Filhas do Vento”, em que assinou direção e roteiro.

Já “Meu Amigo Fela” foi consagrado com o Prêmio Especial do Júri no Festival, É Tudo Verdade, e Paul Robeson levou a melhor na categoria de Melhor Filme, realizado na diáspora africana no Fespaco de Burkina Faso, o maior festival de cinema africano. Recentemente o diretor lançou nos cinemas “O Pai da Rita”, filme com Ailton Graça e Wilson Rabello nos cinemas, uma coprodução da Casa de Criação Cinema e Globo Filmes, e estreou com a série “PCC: Poder Secreto”, que ficou entre as mais vistas na HBO Max.

“A Mesma Parte de um Homem”, filme com roteiro de Ana Johann e Alana Rodrigues, foi o premiado na categoria de Melhor Roteiro Original de Filme de Ficção. Enquanto “Meu nome é Bagdá”, com roteiro de roteiro de Caru Alves de Souza e Josefina Trotta, levou a categoria de Melhor Roteiro Adaptado de Filme de Ficção.

O premiado “A Última Floresta”, com roteiro de Davi Kopenawa Yanomami e Luiz Bolognesi, conquistou o prêmio de Melhor Roteiro de Documentário.

O Prêmio Paulo Gustavo, dado a Melhor Roteiro de Comédia, foi concebido por “Cabras da Peste”, escrito por Denis Nielsen e Vitor Brandt. A sequência “Turma da Mônica – Lições”, inspirado na graphic novel “Lições” de Vitor Cafaggi e Lu Cafaggi, com roteiro Thiago Dottori e Mariana Zatz, recebeu o prêmio de Melhor Roteiro de Obra Infantil / Infanto-juvenil. Em seguida, o curta-metragem “Chão de Fábrica”, com roteiro de Nina Kopko e Tainá Mühringer, foi consagrado como Melhor Roteiro de Curta-Metragem.

Na categoria que elegeu o Melhor Roteiro de Telenovela, foi dado o prêmio à novela da Rede Globo, “Um Lugar ao Sol”, de Lícia Manzo, com escrita de Leonardo Moreira e Rodrigo Castilho, em uma colaboração de Carla Madeira, Cecília Giannetti, Dora Castellar e Marta Goés.

Como Melhor Roteiro de Programa de Realityou Variedades o premiado foi o “Greg News com Gregorio Duvivier - Temporada 5”, do HBO. O roteiro é de Gregorio Duvivier, Alessandra Orofino, Bruno Torturra, Denis Burgierman, Arnaldo Branco, Eduardo Branco, Luiza Miguez, Mariana Filgueiras, Carol Pires, Fernanda Mena e Amanda Célio.

Nas séries, o prêmio de Melhor Roteiro de Série Documental foi para o “O Caso Evandro”, disponpivel no Globoplay. O documentário conta com roteiro de Angelo Defanti, Arthur Warren, Ludmila Naves e Tainá Mühringer, com pesquisa e colaboração de roteiro de Ivan Mizanzuk. “Manhãs de Setembro - Temporada 1”, do Amazon Prime Video, com roteiro de Josefina Trotta, Alice Marcone, Marcelo Montenegro e Carla Meireles conquistou o prêmio de Melhor Roteiro de Série de Ficção - Drama.

Por fim, o prêmio mais importantes do evento, o de Roteirista do Ano, oferecido pelo Projeto Paradiso, foi dado à Ludmila Naves. O Prêmio Abraço, respectivo a excelência em roteiro foi dado a Gautier Lee.

SOBRE O PRÊMIO ABRA

O Prêmio Abra de Roteiro surgiu em 2016, com a finalidade de valorizar os autores-roteiristas e ressaltar a importância do roteiro na cadeia de produção da indústria audiovisual nacional. Os premiados são escolhidos pelos próprios membros da associação, em dois turnos de votação. A cerimônia de premiação este ano volta a ser presencial e será realizada em São Paulo, na Cinemateca Brasileira, que recentemente reabriu suas dependências para receber o público.


Depois de "Ms. Marvel", para qual lançamento da Marvel você está mais ansioso?

  • "Eu Sou Groot" (10 de agosto no Disney+
  • "Mulher-Hulk" (17 de agosto no Disney+)
  • "What If...?" - 2ª Temporada (Sem data de estreia definida)
  • "Pantera Negra: Wakanda Para Sempre" (10 de novembro nos cinemas)
  • "Guardiões da Galáxia: Especial de Natal" (Dezembro no Disney+)
  • "Coração de Ferro" (Sem data de estreia definida)
  • "As Marvels" (16 de fevereiro de 2023 nos cinemas)
  • "Invasão Secreta" (Sem data de estreia definida)
  • "Homem-Formiga e a Vespa: Quantumania" (28 de julho de 2023 nos cinemas)
  • "Guerra das Armaduras" (Sem data de estreia definida)
  • "Guardiões da Galáxia 3" (Sem data de estreia definida)
  • "Echo" (Sem data de estreia definida)
  • "Agatha: House of Harkness" (Sem data de estreia definida)
  • "Blade" (Sem data de estreia definida)
  • "Loki" - 2ª Temporada (Sem data de estreia definida)

+ Já segue o CineBuzz nas redes sociais? Então não perde tempo!