CineBuzz
Facebook CineBuzzTwitter CineBuzzInstagram CineBuzz
Cinema / DC

Amber Heard diz que seu papel em "Aquaman 2" foi reduzido graças a Johnny Depp

A atriz ainda comentou as dificuldades em se manter nas grandes produções após a batalha judicial contra o ex-marido

Thamyris Couto | @thamy_couto Publicado em 17/05/2022, às 09h36 - Atualizado às 09h52

Amber Heard diz que seu papel em "Aquaman 2" foi reduzido graças a Johnny Depp - Divulgação/Warner Bros
Amber Heard diz que seu papel em "Aquaman 2" foi reduzido graças a Johnny Depp - Divulgação/Warner Bros

A batalha judicial entre Amber HeardeJohnny Depp segue dando frutos negativos para os artistas. No capítulo mais recente entre o ex-casal, a atriz declarou que seu papel em "Aquaman e o Reino Perdido" foi reduzido pela Warner Bros após os desdobramentos do seu antigo casamento. Segundo o Entertainment Weekly, a intérprete de Mera havia afirmado que o ex-marido orquestrou uma "campanha difamatória" para arruinar sua carreira e reputação.

Durante se testemunho, Heard supostamente teria acusado existir uma "máquina de relações-públicas sofisticada" por trás de Depp com o simples motivo de taxá-la como mentirosa em mídia internacional, além de afetar diretamente em seus trabalhos no cinema.

"Eu tive que lutar muito para manter minha carreira depois que consegui minha [ordem de restrição contra Depp]", disse Heard ao tribunal. "Perdi oportunidades. Fui dispensada de empregos e campanhas. Lutei para manter meu emprego e a maior oportunidade de filme que tive até hoje foi 'Liga da Justiça' e a opção de [estrelar] 'Aquaman'. Tive que lutar muito para ficar na Liga da Justiça porque essa foi a época do divórcio", completou.

Amber estaria se referindo ao filme lançado e desenvolvido em 2017, época em que ela entrou com a ordem de restrição contra o Depp, em 2016. A atriz revelou ainda que a sequência de "Aquaman" não a incluiria a princípio.

Questionada se ela estava "agendando ativamente o tempo para as filmagens" antes da "campanha de difamação" de Johnny Depp, Heard respondeu que sim. Ela também afirmou que não estava ativamente envolvida no projeto após a mídia estrangeira chamá-la de mentirosa: "Não. As comunicações pararam nesse ponto", confirmou.

Dado toda a repercussão do caso, fãs do ator - que foi desligado de projetos, como "Piratas do Caribe" e da franquia "Animais Fantásticos" - se organizaram para realizar um abaixo-assinado contra sua ex-mulher para que deixasse seu atual trabalho na DC e o papel de Mera. A petição contra Amber Heard já ultrapassou quatro milhões de assinaturas.

"Aquaman e o Reino Perdido" deve chegar aos cinemas no dia 17 de março de 2023.


+ Já segue o CineBuzz nas redes sociais? Então não perde tempo!