CineBuzz
Cinema / CARREIRA

De "Vale Night" e do "BBB 22: Conheça a carreira de Linn da Quebrada

"Bixa Travesty", "Segunda Chamada" e "TransMissão" são alguns dos trabalhos de Linn

Thamyris Couto | @thamy_couto Publicado em 18/03/2022, às 12h00 - Atualizado às 12h30

Após "Vale Night", conheça a carreira de Linn da Quebrada, do "BBB 22" - Divulgação/Querosene Filmes
Após "Vale Night", conheça a carreira de Linn da Quebrada, do "BBB 22" - Divulgação/Querosene Filmes

Linn da Quebrada, participante do "BBB 22", fez sua recente estreia nos cinemas com a comédia "Vale Night", que acompanha um casal procurando seu filho após o pai o perder no baile funk da favela onde moravam. Apesar desta ser a trama central, a produção vai muito além e mostra que não é apenas a criminalidade que faz parte da comunidade.

Na história, ela interpreta a DJ Pulga, amiga de Vini (Pedro Ottoni) e aspirante a DJ, começando a tocar em festas mais reconhecidas, como a Batekoo. Desinibida, tem uma forte atração por Linguinha (Yuri Marçal) e por drogas ilícitas.

Mas, além deste filme e do reality show da Globo, você conhece a carreira de Linn? Se ainda não, nós te contamos.

A atriz, cantora e apresentadora começou no ramo musical em 2017, com o single e hit instantâneo “Enviadescer”. No ano seguinte, lançou seu primeiro álbum de estúdio "Pajubá", que trouxe uma linguagem própria e foi o responsável por alavancar sua carreira, levando a artista para diferentes palcos do Brasil e mundo afora.  

Em 2021, lançou "Trava Línguas", seu disco mais recente composto por 11 faixas que traz novas referências e experimentações, mas, assim como o primeiro trabalho, segue brincando com os usos das palavras e frequências sonoras. As músicas abordam temas como a exploração de gênero e as experiências de uma mulher trans ou travesti, além de sua vivência como pessoa negra e brasileira.

Já no mundo televisivo, Linn da Quebrada roteirizou e protagonizou o documentário "Bixa Travesty", lançado em 2018, responsável por compartilhar a trajetória de descoberta da atriz e cantora como travesti. Na produção, Linn conversa com outras artistas do cenário LGBTQIA+ do país, como Liniker, Jup do Bairro, As Baías e Raquel Virgínia, abordando as principais dúvidas de uma pessoa transgênera, como passar ou não por cirurgias e pela hormonização, a interação com a família e a cobrança da sociedade por mais feminilidade em relação às pessoas transfemininas.

O sucesso foi tanto, que "Bixa Travesty" conquistou o Teddy Awards de “Melhor Documentário Estrangeiro” no Festival Internacional de Cinema de Berlim, além de outros prêmios nacionais e internacionais. 

Após este grande trabalho, em 2019, Linn da Quebrada assumiu pela primeira vez o papel de apresentadora de TV. Ao lado de Jup do Bairro, ela comandou a bancada do talk show "TransMissão", que estreou no Canal Brasil (Globosat). 

No mesmo ano, a participante da casa mais vigiada do Brasil integrou o elenco da série "Segunda Chamada", do Globoplay, que acompanha a luta de professores de ensino noturno para jovens e adultos em prol do poder de transformação social da educação. Na história, Linn interpreta Natasha, uma das alunas da Escola Estadual Carolina Maria de Jesus, que enfrenta preconceitos de outros alunos por conta de sua identidade de gênero. 

Por coincidência, foi nesta série em que Linn fez um par romântico com Arthur Aguiar, seu atual companheiro de confinamento.

"Vale Night" chega aos cinemas de todo o Brasil na última quinta-feira (17), e você confere a crítica do CineBuzz clicando aqui.