CineBuzz
Cinema / EITA!

Ator de "Curtindo a Vida Adoidado" conta como equipe reagiu à cena de destruição da Ferrari

Alan Ruck, atualmente estrelando a série "Succession" da HBO Max, relatou o momento durante talk show de Jimmy Kimmel

ANGELO CORDEIRO | @ANGELOCINEFILO Publicado em 30/11/2021, às 15h53

Ator de "Curtindo a Vida Adoidado" conta como equipe reagiu à cena de destruição da Ferrari - Divulgação/Paramount Pictures
Ator de "Curtindo a Vida Adoidado" conta como equipe reagiu à cena de destruição da Ferrari - Divulgação/Paramount Pictures

O ator Alan Ruck, atualmente estrelando a série "Succession", da HBO Max, contou durante entrevista para o talk show "Jimmy Kimmel Live!", como a equipe de "Curtindo a Vida Adoidado" reagiu à destruição da Ferrari 250 GT California Spyder 1961 no clássico de 1986 dirigido por John Hughes.

"Foi incrível!", disse Ruck. “Podem relaxar e respirar aliviados porque aqueles carros eram porcarias. Eram réplicas”, afirmou. “Não podíamos comprar uma Ferrari de verdade. Era um chassi de Mustang", confessou.

O motivo dos aplausos foi a dificuldade em fazer a réplica funcionar: "Estavam todos infelizes. Fizemos a cena 16 vezes porque o carro não dava partida. Tínhamos três réplicas. E quando mandamos aquele pela janela, a equipe toda aplaudiu. Eles pulavam de alegria”. contou Ruck.

Sempre aberto para falar sobre o assunto, Ruck revelou quanto foi pago para interpretar Cameron Frye, o melhor amigo de Ferris Bueller (Matthew Broderick): “Recebi $ 40.000”, disse a Kimmel. “Foi meu primeiro grande papel em um filme, e eles dariam qualquer desculpa para não pagar.

Confira o vídeo completo: