CineBuzz
Cinema / POLÊMICA

Cantora Duffy critica 365 Dias e afirma que filme "distorce a violência sexual"

Longa tem sido alvo de ataques nos últimos dias e Netflix recusa retirá-lo do catálogo

Redação Publicado em 07/07/2020, às 12h59

Cena do filme 365 Dias - Netflix
Cena do filme 365 Dias - Netflix

A cantora Duffy, que recentemente revelou ao público que foi vítima de estupro, publicou uma carta aberta para o CEO da Netflix, Reed Hastings, onde cita suas preocupações sobre o filme polonês 365 Dias, que é inspirado em uma trilogia best-seller da autora polonesa Blanka Lipinska.

Desde sua estreia na plataforma, o longa vem sendo alvo de polêmicas e críticas. Descrito como "drama erótico", o filme acompanha uma mulher, interpretado pela atriz polonesa Anna-Maria Sieklucka, que é aprisionada por um mafioso siciliano, personagem do italiano Michele Morrone, que dá para a sua refém um ano para que ela se apaixone por ele.

+Leia mais: Duffy, do hit Mercy, revela que foi estuprada, drogada e mantida em cativeiro



De acordo com informações da CNN, a carta de Duffy é datada de 2 de julho e a cantora cita que o longa "glamouriza a realidade brutal do tráfico sexual, sequestro e estupro".

"Me deixa triste que a Netlflix ofereça espaço para tal tipo de 'cinema', que erotiza o sequestro e distorce a violência sexual e o tráfico humano como um 'filme sexy'", escreveu Duffy, que no início do ano publicou um relato pessoal sobre sequestro e estupro.

+Leia mais: Netflix não retira 365 Dias do catálogo em meio a protestos contra "glamourização da cultura do estupro"

"Tragicamente, vítimas de tráfico e sequestro não são vistas, e, ainda assim, em '365 Dias' seu sofrimento é colocado como um 'drama erótico', como é descrito pela Netflix".

A empresa de streaming anunciou nesta sexta-feira (3) que continuará a disponibilizar o filme polonês "365 Dias", apesar dos pedidos para retirada. Um porta-voz da empresa comentou as críticas relacionadas ao longa, mas apontou que ele tinha indicações para o público de que possui conteúdo com violência, sexo e nudez.

"Acreditamos fortemente em oferecer aos nossos membros em todo mundo mais escolhas e controle sobre a experiência de assistir à Netflix", disse o porta-voz em comentários por e-mail.

"Membros podem escolher o que fazem e não fazem ao estabelecerem filtros de conteúdo em perfis, e removendo títulos específicos para se protegerem de conteúdos que sejam considerados muito adultos."

 

 

 


Se você é apaixonado por leitura e está procurando uma maneira mais prática de conferir suas histórias favoritas em qualquer lugar, dá uma olhada nos 3 modelos de Kindle do site:

1. Kindle 10ª geração:  https://amzn.to/2Tz1FzZ

2. Kindle Paperwhite 8GB:  https://amzn.to/38evDgN

3. Kindle Paperwhite 32GB: https://amzn.to/30qRpes

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a Exitoína pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.