CineBuzz
Cinema / EITA!

Cartaz de filme de Quentin Tarantino entra em disputa por direitos autorais

Autor da foto alega que a Miramax utilizou a imagem em "incontáveis ​​produtos de consumo"

ANGELO CORDEIRO | @ANGELOCINEFILO Publicado em 13/09/2021, às 17h41

Cartaz de filme de Quentin Tarantino entra em disputa por direitos autorais - Miramax
Cartaz de filme de Quentin Tarantino entra em disputa por direitos autorais - Miramax

Os créditos pela foto icônica de Uma Thurman que estampa o cartaz de "Pulp Fiction: Tempo de Violência", longa de Quentin Tarantino, lançado em 1994, estão em disputa judicial. O fotógrafo Firooz Zahedi é o reclamante dos direitos. A informação é do The Hollywood Reporter.

De acordo com a versão de Zahedi, ele fotografou Uma Thurman em seu estúdio particular em 7 de abril de 1994 e, agora, está atrás da Miramax, distribuidora do longa, por usar seu trabalho em "incontáveis ​​milhares de produtos de consumo".

Para a Miramax, Zahedi estava cumprindo a visão de outra pessoa sob um contrato de trabalho por aluguel. O problema é que, segundos funcionários da Disney e da Miramax, a documentação que provava isso desapareceu.

No processo Zahedi alega ter recebido US$ 10.000 por seu trabalho - valor que alega estar "muito abaixo" de sua remuneração padrão. Ele aceitou, acrescenta, porque gostou do roteiro e foi prometido que teria liberdade para executar o seu conceito.

A Miramax decidiu reivindicar a propriedade da foto com uma história diferente. Antes mesmo de Zahedi estar envolvido, uma equipe de marketing da Miramax discutiu ideias e chegou ao conceito de usar Uma Thurman como uma personagem femme fatale, com adereços em uma cama e criou um conjunto de esboços.

Então, Zahedi teria sido contratado "seguindo os esboços criados pela Miramax" e, eventualmente, o pôster do filme obteve a aprovação de superiores, incluindo Harvey Weinstein, Quentin Tarantino e seu parceiro de produção, Lawrence Bender.

Zahedi alega ainda que foi ele quem teve “todas as decisões criativas” nas fotografias. “Zahedi sempre foi creditado como o autor da dita fotografia, até mesmo na campanha publicitária do filme”, acrescentou seu advogado.

Em 2003, a Miramax registrou o pôster de "Pulp Fiction" no Copyright Office, declarando em seu requerimento que não estava reivindicando a autoria ou propriedade da Fotografia Zahedi.