CineBuzz
Cinema / Rompimento

Christopher Nolan rompe com a Warner Bros. no financiamento de seu novo filme

O cineasta escolheu a Universal Pictures após a WB tomar a decisão de fazer estreias híbridas em 2021

Thamyris Couto| @thamy_couto Publicado em 14/09/2021, às 13h02 - Atualizado às 13h24

Christopher Nolan rompe com a Warner Bros. no financiamento de seu novo filme - Divulgação/Andrew Matthews - WPA Pool: Getty Images
Christopher Nolan rompe com a Warner Bros. no financiamento de seu novo filme - Divulgação/Andrew Matthews - WPA Pool: Getty Images

Novamente problemas com o HBO Max surgiram após a Warner Bros. decidir que todos os seus lançamentos de 2021 terão estreia híbrida, ou seja, nos cinemas e no serviço de streaming do estúdio. Essa decisão não tem agradado aos diretores, e desta vez, foi  Christopher Nolan, que desistiu de realizar seu próximo projeto com o estúdio, pela primeira vez.

Ao anunciar que estava com um novo filme em andamento sobre Julius Robert Oppenheimer, físico responsável pelo desenvolvimento da bomba atômica durante a Segunda Guerra Mundial, Nolan buscava um estúdio de Hollywood que financiasse seu projeto, e algum tempo depois fehou o contrato com a Warner Bros., como de costume, visto que jpa houve outras colaborações em "Amnésia" e "Interestelar".

Quando a nova decisão so estúdio sobre o formato de estreia foi anunciado, o cineasta não quis mais fazer parte e ficou ofendido com a decisão de WB de não contar a nenhum de seus cineastas antes de realizarem o anúncio. Ele ainda chamou a HBO Max de "o pior serviço de streaming", fazendo com que ele procurasse outro lugar para seguir com o filme e fechasse com a Universal Pictures.

"Será interessante ver como a Universal lidará com o próximo filme de Nolan, que com certeza será um sucesso de crítica e comercial como a maioria de seus filmes. E com Nolan voltando à Segunda Guerra Mundial bem depois de 'Dunkirk' colocá-lo diretamente no círculo do Oscar", informa o Collider.