CineBuzz
Cinema / POLÊMICO

Cinema em SP é criticado por exibir filme em homenagem a Olavo de Carvalho

Petra Belas Artes é acusado de excluir comentários no Instagram que questionavam a exibição do documentário

CAMILA GOMES | @CAMILAGMS Publicado em 28/01/2022, às 15h17

"O Jardim das Aflições", do diretor Josias Teófilo, está disponível no Prime Video - Divulgação/Matheus Bazzo
"O Jardim das Aflições", do diretor Josias Teófilo, está disponível no Prime Video - Divulgação/Matheus Bazzo

O Petra Belas Artes, um dos mais tradicionais cinemas de São Paulo, gerou polêmica entre os amantes da sétima arte ao voltar a exibir, na quinta-feira (27), um documentário sobre Olavo de Carvalho.

"O Jardim das Aflições", do diretor Josias Teófilo, retornou à tela após o escritor morrer na última segunda-feira (24), no estado da Virgínia, nos Estados Unidos, vítima de Covid-19. A causa da morte foi confirmada por Heloísa de Carvalho, filha de Olavo.

Nas redes sociais, o Belas Artes se tornou alvo de duras críticas por dar espaço a uma obra, que segundo as alegações dos seguidores, faz apologia ao fascismo. “Nossa gente, que decepção essas sessões do guru antivax manchando a história de luta e resistência do BA. Há coisas que dinheiro nenhum compra…”, escreveu uma internauta em uma postagem no Instagram oficial do Belas Artes.

“Em plena pandemia, exibir filme homenageando negacionista? Que ideia é essa?”, questionou também outro seguidor. “Olha parabéns à administração do Belas Artes por destruir a memória e a causa que o cinema carrega há décadas, atitude ridícula”, afirmou mais um.

Muitos seguidores e até mesmo os assinantes do serviço de streaming do Belas Artes, À La Carte, afirmaram que muitos comentários que fazem críticas à exibição do documentário sobre Olavo estão sendo excluídos pelos administradores da conta. Confira:

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Petra Belas Artes (@petrabelasartes)

 

O CineBuzz entrou em contato com o Grupo Belas Artes para pedir esclarecimentos sobre o caso, mas não obteve resposta até o momento da publicação deste texto. O espaço segue aberto e atualizaremos a publicação assim que formos respondidos.