CineBuzz
Cinema / ELENCO

"A Cor Púrpura": Oprah Winfrey revela elenco de adaptação do musical da Broadway

Blitz Bazawule, co-diretor do álbum visual "Black is King", de Beyoncé, será o diretor do filme

ANGELO CORDEIRO | @ANGELOCINEFILO Publicado em 04/02/2022, às 12h45

"A Cor Púrpura": Oprah Winfrey revela e comenta elenco escalado para a adaptação do musical da Broadway - Divulgação/Warner Bros.
"A Cor Púrpura": Oprah Winfrey revela e comenta elenco escalado para a adaptação do musical da Broadway - Divulgação/Warner Bros.

A apresentadora e produtora Oprah Winfrey concedeu uma entrevista à Vanity Fair, na qual revelou e comentou o elenco escalado para a adaptação cinematográfica de "A Cor Púrpura", premiado musical da Broadway.

Em 1985, Oprah teve seu primeiro grande papel de destaque na adaptação de Steven Spielberg para o livro homônimo de Alice Walker, lançado em 1982. Hoje, ela produz a adaptação inspirada na mesma história.

A adaptação terá as cantora H.E.R. e Fantasia Barrino, e os atores Colman Domingo ("A Lenda de Candyman"), Taraji P. Henson ("Estrelas Além do Tempo"), Danielle Brooks ("Pacificador"), Halle Bailey ("A Pequena Sereia") e Corey Hawkins ("Em um Bairro de Nova York") no elenco principal.

"Esse não é o 'A Cor Púrpura' da sua mãe", afirmou Oprah, aproveitando para comentar cada uma das escalações. Confira:

Fantasia Barrino interpretou o papel de Celie na Broadway e o repetirá nos cinemas. Sobre mantê-la na adaptação, Oprah afirmou: "Há algo de cru e vulnerável em Fantasia. Todos sabemos que ela pode cantar, e sua versão da música 'I'm Here', que é o hino para o empoderamente feminino. Eu acho que não há momento melhor que esse para isso. É um grito de guerra internacional para o triunfo sobre as adversidades e o empoderamento de alguém, encontrando um lar e uma família. Acho que vamos ver um lado de Fantasia que ninguém imaginou".

Colman Domingo será Mister, o marido abusivo de Celie (Fantasia Barrino). "Amo Colman por muitos motivos, mas também por causa de sua habilidade polífica de habitar qualquer personagem. Há uma presença que ele carrega que me lembra muito de um jovem Mister. Você sabe, ele poderia ser filho de Danny (Glover, que viveu o personagem no filme de 1985). Outro dia eu estava vendo o figurino dele. Os chapéus, coletes e tudo mais. Estou muito empolgada com ele", revelou Oprah.

Halle Bailey, a futura Pequena Sereia, será Nettie, a irmã de Celie, que foge por conta dos abusos de Mister. "Ela é alguém cuja presença você pode sentir mesmo em sua ausência: a memória dela, a sensação de estar com ela, a força que a atravessa, mesmo quando você só ouve sua voz por meio de cartas", definiu Oprah.

Taraji P. Henson será Shug Avery, uma cantora de Blues de voz aveludada que conquista a todos, incluindo Celie. "Vou te dizer isto: uma das coisas que saltou aos meus olhos na peça da Broadway é a música 'Shug Avery Comin' to Town', quando todas as mulheres dizem: 'Tranquem seus maridos'. Então, conforme estávamos escalando, eu diria: 'Bem, não estou trancando meu marido por ela, nem por ela'. A mulher precisa não só personificar uma sensualidade, mas uma sabedoria sexual", alertou Oprah.

Corey Hawkins viverá Harpo, o filho bondoso de Mister. De acordo com o produtor Scott Sanders, "Corey Hawkins tem tanto alcance e uma grande energia, e ele incorporou tantos personagens diferentes, incluindo mais recentemente em 'A Tragédia de Macbeth'. Quando eu mostrei ele em 'Um Bairro em Nova York', logo falaram que ele seria perfeito para Harpo".

A cantora H.E.R. será Squeak, a egunda esposa de Harpo, sua personagem passa por uma grande transformação ao longo da trama. "Meu Deus, quando eu ouvi que H.E.R concordou em interpretar a Squeak, foi um dia empolgante", comemorou Oprah.

Danielle Brooks, revelação de "Pacificador", reprisará o papel que teve na Broadway, o mesmo de Oprah Winfrey no filme de 1985. "Sofia, Sofia, Sofia! Obviamente, esse papel tem um significado muito pessoal para mim. Então eu liguei pessoalmente para Danielle para passar o bastão a ela", revelou a produtora.

"A Cor Púrpura" conta a história de famílias afro-americanas na Georgia durante o século XX. A versão musical estreou em 2005 e foi indicado a 11 prêmios Tony.

Entre os produtores da nova versão estão Oprah Winfrey, Steven Spielberg, Scott Sanders e Quincy Jones. Blitz Bazawule, co-diretor do álbum visual "Black is King", de Beyoncé, será o diretor do filme.