CineBuzz
Cinema / UAU!

DC deve lançar seis filmes por ano a partir de 2022

Qautro serão lançados no cinema e os outros dois, focado em personagens menores, no HBO Max, streaming da Warner

Redação Publicado em 28/12/2020, às 15h31 - Atualizado às 15h45

"Liga da Justiça" foi lançado em 2017 e integra o Universo Estendido da DC - Reprodução/Warner Bros. Pictures
"Liga da Justiça" foi lançado em 2017 e integra o Universo Estendido da DC - Reprodução/Warner Bros. Pictures

Após alguns problemas para deslanchar o seu universo nos cinemas e, agora, com o sucesso de "Mulher-Maravilha 1984", mais recente estreia da DC, o estúdio DC Films está considerando lançar, por ano, seis filmes, quatro deles nos cinemas e mais dois no HBO Max, streaming do Warner Bros. Pictures Group, a partir de 2022.



A informação é de Walter Hamada, presidente do DC Films, que revelou os planos do estúdio em entrevista ao New York Times. Os filmes de cinema devem continuar seguindo a cronologia atual, que já inclui longas dos heróis Superman, Batman, Mulher-Maravillha, Shazam, Aquaman e Flash, enquanto os lançados no streaming devem ser focados em personagens menores, como a Batgirl e o Super Choque.

+ Leia mais: "Mulher-Maravilha 1984" chega aos cinemas. O que vem depois no Universo da DC?

Há também a possibilidade de séries derivadas, feitas diretamente para o serviço de streaming, que também se conectarão com os longas do universo principal. Duas já foram confirmadas: "Peacemaker", com foco no personagem de John Cena no ainda inédito "O Esquadrão Suicida", e "Gotham Central", derivada de "The Batman", novo longa do Homem-Morcego estrelado por Robert Pattinson.

A estratégia é similar ao que o Marvel Studios tem feito junto ao Disney+, com a produção de diversas séries derivadas dos personagens que já apareceram nos filmes do Universo Cinematográfico da Marvel. WandaVision é a primeira delas e estreia no dia 15 de janeiro de 2021, com Wanda Maximoff (Elizabeth Olsen) e Visão (Paul Bettany) nos papéis principais.

O Universo Estendido da DC começou em 2013 com a estreia de "O Homem de Aço", seguido por "Batman vs Superman: A Origem da Justiça" (2016), "Esquadrão Suicida" (2016), "Liga da Justiça" (2017) e "Mulher-Maravilha" (2017). Exceto pelo filme da heroína amazona, todos os anteriores foram mal recebidos pela crítica especializada e pelos fãs.

+ Leia mais: "Mulher-Maravilha 3" é confirmado e contará com os retornos de Gal Gadot e Patty Jenkins

A recuperação só veio com os filmes seguintes: "Aquaman" (2018), "Shazam!" (2019) e "Coringa" (2019), o maior sucesso da franquia até então, que chegou a receber onze indicações ao Oscar, vencendo em duas categorias. Em 2020, "Aves de Rapina: Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa" e "Mulher-Maravilha 1984" foram as grandes estreias, ambos prejudicados pela pandemia de coronavírus.

Para o futuro, ainda há planos de lançar continuações para os filmes dos heróis Aquaman, Shazam e Mulher-Maravilha - confirmado após a estreia de sucesso do segundo longa -; novos filmes do Esquadrão Suicida e do Batman; e a estreias solos de Flash - que introduzirá o multiverso nos cinemas - e Adão Negro.