CineBuzz
Cinema / Polêmica

Eddie Redmayne diz que se arrepende de ter interpretado mulher trans em "A Garota Dinamarquesa"

Ator afirmou que não aceitaria o papel novamente

Redação Publicado em 22/11/2021, às 11h14

Eddie Redmayne em "A Garota Dinamarquesa" - (Divulgação/Universal Pictures)
Eddie Redmayne em "A Garota Dinamarquesa" - (Divulgação/Universal Pictures)

O ator Eddie Redmayne revelou que foi um erro ter aceitado interpretar uma mulher trans em “A Garota Dinamarquesa” (2015), papel que lhe garantiu uma indicação ao Oscar. Em entrevista ao The Times, Redmayne contou que caso fosse oferecido ao papel atualmente, ele recusaria.

A escalação do astro no longa, em que contracena com Alicia Vikander, gerou polêmica, já que trabalho poderia ter sido feito por um artista transsexual para contar a história da própria comunidade, aumentando a representatividade. "Eu não o aceitaria hoje. Eu fiz esse filme com a melhor das intenções, mas acho que foi um erro", afirmou. "A discussão maior sobre as frustrações em torno dessa escalação aconteceram porque muita gente não tem um assento na mesa. Precisa haver uma reparação, ou vamos continuar tendo esses debates", concluiu.

“A Garota Dinamarquesa” é baseada na obra de David Ebershoff, situada na Copenhague de 1926. Na história, os artistas Einar e Gerda Wegener se casam, até que Gerda decide vestir Einar de mulher para pintá-lo. Conforme Einar começa a mudar sua aparência, transformando-se em uma mulher, assume a identidade de Lili Elbe. Com o apoio, da esposa, um Einar deprimido passa por uma das primeiras cirurgias de mudança de sexo da história para recuperar o gosto pela vida.