CineBuzz
Cinema / FESTIVAL

Festival de Cinema Italiano terá longas exibidos em Veneza e retrospectiva com clássicos

16ª edição acontecerá em formato híbrido com ambas versões iniciando em 5 de novembro

ANGELO CORDEIRO | @ANGELOCINEFILO Publicado em 01/11/2021, às 15h58

Festival de Cinema Italiano terá longas exibidos em Veneza e retrospectiva com clássicos - Divulgação/Warner Bros./Sky Cinema
Festival de Cinema Italiano terá longas exibidos em Veneza e retrospectiva com clássicos - Divulgação/Warner Bros./Sky Cinema

A 16ª edição do Festival de Cinema Italiano acontecerá em formato híbrido em 2021, com sessões presenciais e também em formato on-line, trazendo 17 filmes inéditos no Brasil e mais 16 clássicos. A versão presencial do festival acontece entre os dias 5 e 12 de novembro, e a on-line acontece entre os dias 5 de novembro e 5 de dezembro.

Dos filmes selecionados, oito fizeram sua estreia mundial no Festival de Veneza que aconteceu em setembro deste ano, com destaque para “Lovely Boy”, longa que traz como protagonista um jovem e talentoso músico cuja face é marcada por tatuagens, e que se perde no mundo das drogas. O longa e rendeu ao diretor Francesco Lettieri o prêmio de talento em ascensão em Veneza.

Ainda da edição de 2021 do Festival de Veneza, serão exibidos: “Ar Parado”, de Leonardo Di Costanzo, que traz no elenco os astros do cinema italiano Toni Servillo e Silvio Orlando; e o documentário “As Coisas que Restam”, de Giorgio Verdelli, sobre o músico Ezio Bosso, que morreu em maio de 2020. Outro destaque na seleção é “Deixe-me Partir”, de Stefano Mordini, exibido na noite de encerramento de Veneza, em 2020, e também indicado ao David di Donatello de Roteiro Adaptado.

De Veneza, ainda serão exibidos alguns longas da seleção da Giornate degli Autori: “O Grande Silêncio”, de Alessandro Gassmann; “Welcome Venice”, de Andrea Segre; e “Uma Relação”, de Stefano Sardo.

Completa a seleção do 16º Festival de Cinema Italiano a retrospectiva de clássicos que será exibida exclusivamente on-line. “As Mais Belas Trilhas Sonoras do Cinema Italiano” permitirá ao público de todo o país revisitar filmes e trilhas que se tornaram clássicas, compostas por Ennio Morricone, Nino Rota, Nicola Piovani, Ritz Ortolani, Andre Guerra, Valerio Vigilar e Piero Piccioni.

Os destaques da seleção deste segmento são obras de mestres como Federico Fellini (“Os Palhaços”), Sergio Leone (“Era Uma Vez na América”), Dario Argento (“O Pássaro das Plumas de Cristal), Lina Wertmüller (“Mimi, O Metalúrgico” e “Amor e Anarquia”), e Damiano Damiani (“Advertência”).

  • FILME DE ABERTURA

A sessão de abertura terá o filme “Os Nossos Fantasmas”, de Alessandro Capitani, e contará com a presença do diretor do longa. O evento acontecerá no dia 2 de novembro, no Auditório Oscar Niemeyer, com música ao vivo executada pelo Quarteto Maestro Emmanuele Baldini.

  • MOSTRA CONTEMPORÂNEA
  • LASCIAMI ANDARE (Deixe-me Ir), de Stefano Mordini2020Itália, 98 min., drama
  • LA TERRA DEI FIGLI (A Terra dos Filhos), de Claudio Cupellini, 2021, Itália, 120 min., drama
  • BLACKOUT LOVE, de Francesca Marino, 2021, Itália, 95 min., drama/comédia
  • CON TUTTO IL CUORE (Com todo meu Coração), de Vincenzo Salemm, 2021, Itália, 90 min., comédia
  • UNA RELAZIONE (Uma Relação), de Stefano Sardo, 2021, Itália/França, 105 min., drama/comédia
  • EZIO BOSSO - LE COSE CHE RESTANO (As Coisas que Restam), de Giorgio Verdelli, 2021, Itália, 104 min., documentário
  • COME UN GATTO IN TANGENZIALE - RITORNO A COCCIA DI MORTO (Como um Gato na Marginal – Retorno a Coccia di Morto), de Riccardo Milani, 2021, Itália, 110 min., comédia
  • TUTTI PER 1-1 PER TUTTI (Todos Por 1 – 1 Por Todos), de Giovanni Veronesi, 2020, Itália, 90 min., comédia
  • LEI MI PARLA ANCORA (Ela Ainda Fala Comigo), de Pupi Avati, 2021, Itália, 100 min., drama
  • IL SILENZIO GRANDE (O Grande Silêncio), de Alessandro Gassmann, 2021, Itália/Polônia, 106 min., comédia
  • ARIAFERMA (Ar Parado), de Leonardo Di Costanzo 2021, Itália/Suiça, 117 min
  • GOVERNANCE (Governança), de Michael Zampino, 2020, Itália/França, 88 min., drama
  • WELCOME VENICE (Bem-Vindo à Veneza), de Andrea Segre, 2021, Itália, 100 min., drama
  • MORRISON (Morrison Café), de Federico Zampaglione, 2021, Itália, 99 min., drama
  • I NOSTRI FANTASMI (Os Nossos Fantasmas), de Alessandro Capitani, 2021, Itália, 105 min., comédia
  • LOVELY BOY (Lovely Boy), de Francesco Lettieri, 2021, Itália, 105 min., drama
  • TEMPERO DO CHEF (Quanto Basta), de Francesco Falaschi, 2018, Brasil/Itália, 92 min., comédia

 

  • MOSTRA ON-LINE RETROSPECTIVA: “As Mais Belas Trilhas Sonoras do Cinema Italiano”
  • L’UCCELLO DALLE PIUME DI CRISTALLO (O Pássaro com Plumas de Cristal), de Dario Argento, música: Ennio Morricone, 1970, Itália/Alemanha Ocidental, 96 min, horror/suspense
  • C’ERA UNA VOLTA IN AMERICA (Era uma vez na América), de Sergio Leone, música: Ennio Morricone, 1984, EUA/Itália, 229 min, crime/drama
  • IL PREFETTO DI FERRO (O Prefeito de Ferro), de Pasquale Squitieri, música: Ennio Morricone, 1977, Itália, 110 min, drama/suspense
  • MIMÌ METALLURGICO FERITO NELL'ONORE (Mimi, o Metalúrgico), de Lina Wertmüller, música: Piero Piccioni, 1972, Itália, 121 min, comédia/drama
  • L’AVVERTIMENTO (Advertência), de Damiano Damiani, música: Ritz Ortolani, 1980, Itália, 108 min, suspense/drama
  • RESPIRO, de Emanuele Crialese, música: Andre Guerra, 2002, Itália, 95 min., drama
  • I CLOWNS (Os Palhaços), de Federico Fellini, música: Nino Rota, 1970, Itália, 92 min. comédia/pseudodocumentário
  • O’ RE (Rei de Nápoles), de Luigi Magni, música: Nicola Piovani, 1989, Itália, 90 min. drama
  • ADDIO FRATELLO CRUDELE (Adeus, Irmão Cruel), de Giuseppe Patroni Griffi, música: Ennio Morricone, 1971, Itália, 105 min., drama
  • STORIE DI VITA E MALAVITA (Histórias do Submundo), de Carlo Lizzani, música: Ennio Morricone, 1975, Itália, drama, 93 min
  • SPERIAMO CHE SIA FEMMINA (Tomara que seja mulher), de Mario Monicelli, música: Nicola Piovani, 1986, Itália, 120 min., comédia
  • FILM D’AMORE E D’ANARCHIA (Amor e Anarquia), de Lina Wertmüller, música: Nico Rota, 1973, Itália, 125 min., comédia
  • IL MEDICO E LO STREGONE (O médico e o charlatão), de Mario Monicelli, música: Nico Rota, 1957, Itália, 102 min, comédia/romance
  • AMORI CHE NON SANNO STARE AL MONDO (Histórias de Amor Que Não Pertencem a Este Mundo), de Francesca Comencini, música: Stelvio Cipriani, 2017, Itália, 92 min., drama
  • L'ATTENTATO (O Atentado), de Yves Boisset, música: Ennio Morricone, 1972, França, 124min., suspense/thriller
  • ANONIMO VENEZIANO (O Anônimo Veneziano), de Enrico Maria Salerno, música: Stelvio Cipriani, 1970, Itália, 84 min, drama romântico
  • FILME COM ACESSIBILIDADE
  • VIVA LA LIBERTÀ (Viva a Liberdade), de Roberto Andò, música: Marco Betta, 2013, Itália, 94 min. Comédia/drama

O Festival é organizado pela Câmera de Comercio Ítalo Brasileira de São Paulo, em colaboração com a Embaixada Italiana no Brasil pelo primeiro ano. O Embaixador Italiano no Brasil, Francesco Azzarello, declarou que “reconhece e enfatiza a importância cultural do Festival num País com uma fortíssima presença italiana.”

Todos os longas inéditos estarão disponíveis para streaming no site do festival, entre os dias 5 de novembro e 5 de dezembro.