CineBuzz
Cinema / EITA!

Jeremy Renner diz que já pediu para a Marvel matar seu personagem em “Vingadores”

Ator dá vida a Clint Barton, o Gavião Arqueiro, na franquia no estúdio

Redação Publicado em 20/07/2021, às 08h45

Jeremy Renner interpreta o Gavião Arqueiro nos filmes da Marvel - Reprodução/Marvel Studios
Jeremy Renner interpreta o Gavião Arqueiro nos filmes da Marvel - Reprodução/Marvel Studios

Jeremy Renner deu vida ao herói Clint Barton, mais conhecido como Gavião Arqueiro entre os fãs dos quadrinhos, ao longo de seis filmes da franquia da Marvel Studios, mas segundo o ator, sua participação não deveria ter sido tão longa.

Acontece que o artista chegou a sugerir para a equipe de “Vingadores” matar seu personagem logo no primeiro filme do grupo. "Eu nunca disse isso a ninguém, mas nos primeiros "Vingadores", eu estava apenas começando a saber quem era o Gavião, e então zap, eu ando como um zumbi, eu sou como o lacaio de Loki", relembrou Renner em entrevista à revista Radio Times.

"Eu acabaria tendo um ataque cardíaco em cada cena. Eu estaria andando com Scarlett Johansson, e tipo 'ugh'… Estou te dando uma opção, se você só quiser me expulsar deste filme", contou. "Só você sabe, a qualquer momento, se quiser me matar, papai terá um ataque cardíaco".

Na época em que o filme foi lançado, o ator já havia demonstrado insatisfação com o papel, por achar que estava interpretando um personagem, que definiu como "unidimensional". "No final do dia, 90% do filme, não sou o personagem que fui contratado para interpretar", disse à Hero Complex.

Ele conta que o Gavião Arqueiro ter passado parte do arco enfeitiçado por Loki, vilão vivido por Tom Hiddleston, não permitiu que explorasse com mais profundidade a história do herói dos quadrinhos. "Estou literalmente lá por dois minutos e de repente… Então, não há muita história de fundo ou compreensão que possamos realmente dizer sobre quem é Clint Barton, ou Gavião Arqueiro, e ele está trabalhando para a S.H.I.E.L.D ou não? Há muitas perguntas sem respostas, mesmo para mim. E eu estava bem com isso. Pelo menos eu ainda estava no filme. E eu estava feliz por isso”, completou.