CineBuzz
Cinema / Polêmica

Comediante acusa J.K. Rowling de antissemitismo em "Harry Potter"

Jon Stewart criticou a caracterização dos duendes na franquia cinematográfica

CAMILA GOMES | @CAMILAGMS Publicado em 05/01/2022, às 15h30 - Atualizado às 15h35

Na história, os duendes são os responsáveis pela administração do banco Gringotes - (Reprodução/Warner Bros.)
Na história, os duendes são os responsáveis pela administração do banco Gringotes - (Reprodução/Warner Bros.)

Em participação no podcast “On The Problem”, o comediante Jon Stewart afirmou que a caracterização feita por J.K. Rowling dos duendes na franquia cinematográfica de “Harry Potter” é antissemita.

Segundo os argumentos feito pelo apresentador, que é judeu, os traços dos personagens que administram o banco da história, o Gringotes, são bem similares à caricatura de judeus feita no livro antissemita “The Protocols of Elder Zion”, de 1903.

"Quero mostrar para vocês uma caricatura. Eles ficaram 'ah, isso é do Harry Potter!', e não. É uma caricatura de um judeu em um texto literário antissemita. E a J.K. Rowling pensou 'podemos colocar esses caras para comandar o banco?’", declarou Stewart.

"Foi uma das coisas que eu vi na tela e eu esperava que as pessoas se chocassem. 'Ela não fez isso! Ela botou judeu para comandar um banco subterrâneo?'. E todo mundo só: 'ah, bruxos!'. Foi tão estranho", completou o comediante.

Até o momento, a escritora J.K. Rowling não se pronunciou a respeito das alegações de Jon Stewart.