CineBuzz
Busca
Facebook CineBuzzTwitter CineBuzzInstagram CineBuzz
Cinema / EITA!

"M3GAN" passou por refilmagens para diminuir classificação indicativa; entenda

"M3GAN" chega aos cinemas brasileiros em 19 de janeiro de 2023

ANGELO CORDEIRO | @ANGELOCINEFILO Publicado em 03/01/2023, às 11h50

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
"M3GAN" passou por refilmagens para diminuir classificação indicativa - Divulgação/Universal Pictures
"M3GAN" passou por refilmagens para diminuir classificação indicativa - Divulgação/Universal Pictures

O filme "M3GAN" teve que passar por refilmagens para atingir uma classificação indicativa para menores. As mudanças, no entanto, não incomodaram o diretor Gerard Johnstone.

De acordo com o cineasta, as mudanças acabaram deixando o longa ainda mais assustador. Em entrevista à TotalFilm, Johnstone explicou que a decisão de tornar "M3GAN" acessível para menores surgiu depois das filmagens, mas não o incomodou.

Isso porque a produção sempre esteve próxima de ganhar a classificação “PG-13” – liberado para crianças menores de 13 anos com permissão dos pais:

“[A decisão de] torná-lo PG-13 foi algo que apareceu depois, mas sempre esteve perto dessa classificação, de qualquer forma. Parecia um erro não abraçá-la. Lembro de pensar logo no início ‘Isso poderia ser PG-13. Alguns dos meus filmes favoritos, como Arraste-me Para o Inferno são PG-13’. Então tomamos a decisão e acabamos refilmando algumas coisas.”

Lançado em 2009, "Arraste-Me Para o Inferno" é um filme de Sam Raimi ("Evil Dead") lembrado por trazer sustos e gore mesmo sem classificação para maiores. Tendo o longa como inspiração, Johnstone explica que as refilmagens tornaram "M3GAN" mais assustador:

“O que me deixou realmente feliz, é que quando refizemos essas cenas, elas acabaram mais eficazes. É tipo ‘sim, você tem que cortar certos momentos’, mas é divertido ter que confiar tanto no som e na sugestão.”

O cineasta citou como exemplo uma cena em que é possível ouvir o que M3GAN fez com uma de suas vítimas, mas não testemunhar. Segundo ele, a combinação do som e da imaginação do público torna o momento mais horripilante do que ele era na versão gráfica.

Vale lembrar que no Brasil, "M3GAN" ganhou a classificação indicativa 14 anos.

A trama acompanha Gemma (Williams), uma brilhante roboticista que trabalha em uma empresa de brinquedos e que desenvolve uma nova boneca com inteligência artificial chamada M3GAN. Quando a sobrinha órfã de Gemma vai morar com ela, um protótipo da boneca passa a ser a melhor companhia da garota, mas as consequências desta "amizade" são aterrorizantes.

A direção é de Gerard Johnstone ("Housebound") e o roteiro é assinado por Akela Cooper ("A Freira 2") baseada em uma ideia de James Wan ("Maligno"), que assina também como produtor.No elenco ainda estão Ronny Chieng ("Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis") e Violet McGraw ("Viúva Negra").


Qual foi o melhor filme de 2022 até agora? Vote no seu favorito!

  • "Pânico"
  • "Spencer"
  • "Licorice Pizza"
  • "The Batman"
  • "Medida Provisória"
  • "Animais Fantásticos: Os Segredos de Dumbledore"
  • "Doutor Estranho no Multiverso da Loucura"
  • "Top Gun: Maverick"
  • "Jurassic World: Domínio"
  • "Lightyear"
  • "Tudo em Todo o Lugar ao Mesmo Tempo"
  • "Thor: Amor e Trovão"
  • "X: A Marca da Morte"
  • "Não! Não Olhe!"
  • "Marte Um"
  • "A Mulher Rei"
  • "Abracadabra 2"
  • "Morte, Morte, Morte"
  • "Adão Negro"
  • "Pantera Negra: Wakanda Para Sempre"

+ Já segue o CineBuzz nas redes sociais? Então não perde tempo!


Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!