CineBuzz
Cinema / EITA!

Meat Loaf auxiliou David Fincher na edição de "Clube da Luta"

Músico foi o personagem Robert “Bob” Paulson no filme

ANGELO CORDEIRO | @ANGELOCINEFILO Publicado em 21/01/2022, às 13h05

Meat Loaf auxiliou David Fincher na edição de "Clube da Luta" - Divulgação/20th Century Studios
Meat Loaf auxiliou David Fincher na edição de "Clube da Luta" - Divulgação/20th Century Studios

Meat Loaf, cantor que morreu na última quinta (20), aos 74 anos, teve sua carreira marcada por contribuições à música mas também por estrelar filmes icônicos como "The Rocky Horror Picture Show" e "Clube da Luta", de David Fincher.

Em "Clube da Luta", Meat Loaf atuou ao lado de Brad Pitt e Edward Norton como o fisiculturista Robert “Bob” Paulson. Em 2016, o músico revelou ao The AV Club em uma entrevista (via Insider), que ele fez bem mais do que apenas atuar.

Eu quase não fiquei no meu trailer por uns 10 meses”, disse Meat Loaf na época. “Eu sentei ao lado de David o tempo todo. Bem, não ao lado dele – eu teria deixado ele louco – mas perto, atrás dele, para que eu pudesse ver o que estava acontecendo e o que ele estava vendo." afirmou.

"Com cerca de quatro ou cinco meses de filmagem, Fincher me chamou em meu trailer e disse: 'Quero que você me ajude a escolher qual devo usar', na minha cabeça eu pensei, 'O quê?'” revelou.

De acordo com Meat Loaf, ele ajudou Fincher na sala de edição do filme “Clube da Luta”: “A primeira vez que ele disse isso, eu falei: ‘Eu não posso fazer isso’, e ele disse: ‘Sim, você pode. Você está sentado ao meu lado, então me ajude a escolher o melhor.'

Meat Loaf continuou: “Eram em média 44 takes, então sentávamos lá e assistíamos a 40 takes, e ele dizia: 'Qual deles você gostou mais', e eu dizia algo como 'Bem, é o 24 ou o 26', e ele dizia: 'Concordo com você, 26'."

Além de “Clube da Luta” e “The Rocky Horror Picture Show”, Meat Loaf também estrelou filmes como “Quanto Mais Idiota Melhor”, “Spice World” e “Wishcraft - Feitiço Macabro”. Seu último crédito no cinema foi no filme "Desejo e Esperança", de 2014.