CineBuzz
Cinema / NOVIDADES

"O Homem do Norte": Novo teaser mostra reino roubado e desejo de vingança; assista

Longa foi adiado pela Universal Pictures, e chega ao Brasil em 12 de maio

Thamyris Couto| @thamy_couto Publicado em 19/04/2022, às 09h28 - Atualizado às 09h49

"O Homem do Norte": Novo teaser mostra reino roubado e desejo de vingança; assista - Divulgação/Universal Pictures
"O Homem do Norte": Novo teaser mostra reino roubado e desejo de vingança; assista - Divulgação/Universal Pictures

"O Homem do Norte", novo filme da Universal Pictures dirigido por Robert Eggers ("A Bruxa"), ganhou um novo teaser legendado mostrando novos trechos da produção, dentre eles: a ascensão de um homem, a derrota de um reino e um espírito de vingança que parece ser o único conhecido pelos guerreiros.

Descrito como "épico violento viking", o filme mostra a jornada de vingança de Amlet (Alexander Skarsgård), um príncipe que presenciou o assassinato de seu pai, o rei Horwendil

Assista à nova prévia divulgada:

 

Ao lado de Skarsgård, o elenco de "O Homem do Norte" também conta com Anya Taylor-Joy (“O Gambito da Rainha”), Nicole Kidman (“Apresentando os Ricardos”), Ethan Hawke (“Cavaleiro da Lua”), Willem Dafoe (“Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa”) e Björk (“Dançando no Escuro”). Os atores Claes BangRalph InesonMurray McArthurIan Gerard Whyte e Kate Dickie completam o elenco.

Anteriormente confirmado para 22 de abril, agora, o épico viking será lançado nos cinemas nacionais apenas no dia 12 de maio. Não foram divulgados os motivos da alteração, mas a competitividade do circuito durante o mês de abril pode ser um deles.

No entanto, com a nova data, "O Homem do Norte" estreará apenas uma semana após "Doutor Estranho no Multiverso da Loucura", da Marvel, um dos filmes mais aguardados do ano, o que poderá ser um problema para os números de sua arrecadação em bilheterias.

No Rotten Tomatoes, o título abriu com 88% de aprovação. Já no Metacritic, outro veículo de críticas cinematográficas, a produção conquistou uma pontuação de 82/100, indicando “aclamação universal”.

Segundo o consenso geral, o filme é “uma obra-prima visual de tirar o fôlego e um épico de vingança sangrento”, que permite que Eggers expanda “seu escopo cinematográfico sem sacrificar seu conhecido estilo”.


+ Já segue o CineBuzz nas redes sociais? Então não perde tempo!