CineBuzz
Busca
Facebook CineBuzzTwitter CineBuzzInstagram CineBuzz
Cinema / NOVIDADE

"As Polacas": Filme de João Jardim, estrelado por Valentina Herszage e Caco Ciocler, encerra filmagens no Rio

A produção reuniu uma equipe técnica formada em sua maioria por mulheres

ANGELO CORDEIRO | @ANGELOCINEFILO Publicado em 12/08/2022, às 16h49

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
"As Polacas": Filme de João Jardim, estrelado por Valentina Herszage e Caco Ciocler, encerra filmagens no Rio - Divulgação/Imagem Filmes
"As Polacas": Filme de João Jardim, estrelado por Valentina Herszage e Caco Ciocler, encerra filmagens no Rio - Divulgação/Imagem Filmes

As filmagens do longa “As Polacas”, longa dirigido por João Jardim, terminaram esta semana no Rio de Janeiro.

Protagonizado por Valentina Herszage e Caco Ciocler, o filme se passa em 1917, e conta a história de Rebeca (Valentina), uma mulher judia que foge da Polônia em direção ao Brasil, junto com seu filho, o pequeno Joseph, para reencontrar o marido e começar uma nova vida.

Chegando ao Rio de Janeiro, Rebeca descobre que o marido faleceu e se vê num país estranho, desamparada, sem dinheiro e sem lar. Ela então logo torna-se alvo de Tzvi (Caco), um dono de bordel envolvido com tráfico de mulheres. Chantageada, a jovem terá que lutar por sua liberdade.

O longa é inspirado na história real das “Polacas”, como ficaram conhecidas as mulheres européias que chegaram no país a partir do ano de 1867 até a primeira metade do século XX. Vindo em sua maioria da Polônia, e quase sempre induzidas com promessas de uma vida melhor, eram enganadas e levadas a prostíbulos.

Na ficção, de forma poética, serão retratadas algumas conquistas da Polacas, a sororidade que existia entre elas, e a organização que criaram para assegurar alguns direitos básicos, como a construção de um cemitério para serem enterradas de acordo com suas crenças.

‘As Polacas’ é uma história emocionante de mulheres que lutaram pela liberdade e dignidade. A trama é contada sob o ponto de vista de Rebeca (Valentina), um olhar de resistência. Toca em temas que infelizmente ainda são muito presentes como machismo, misoginia e o tratamento dedicado a imigrantes em diversos países. Ao jogar luz na história real das Polacas, olhamos pro nosso passado, e repensamos esses males ainda tão presentes no mundo atual”, comenta o diretor João Jardim, que em sua filmografia assina longas com temas que dialogam com a nova obra: “Getúlio” (2014), que também foi inspirado numa história real, e o docudrama “Amor?” (2011) que reúne depoimentos reais sobre violência contra a mulher.

Além de Caco Ciocler e Valentina Herszage, o longa reúne ainda Dora Freind, Amaurih Oliveira, Otávio Muller, Clarice Niskier, Anna Kutner e grande elenco.

“As Polacas” tem roteiro final de George Moura, coescrito por Jaqueline Vargas, Teresa Frota e Flavio Araújo. A história é livremente inspirada nos livros “El Infierno Prometido: una prostituta de la Zwi Migdal”, de Elsa Drucaroff Aguiar, e “La Polaca: Inmigración, Rufianes y Esclavas a comienzos del siglo XX”, de Myrtha Gladys. Ambos os livros retratam a história real das “Polacas”.

Por tratar de um tema delicado relacionado ao universo feminino, a produção reuniu uma equipe técnica formada em sua maioria por mulheres, entre elas Louise Botkay, diretora de fotografia, Camila Moussallem, diretora de arte, Mariana Sued, figurinista, e Rose Verçosa, maquiadora. Para a reconstituição histórica o longa contou com locações em bairros do Rio de Janeiro como Alto da Boa Vista, Centro e Guaratiba, além de Niterói.

Sinopse: 1917. Fugindo da fome e da guerra na Polônia, Rebeca (Valentina Herszage) chega ao Brasil para reencontrar o marido e iniciar uma nova vida. Porém, ao contrário das promessas de felicidade, a realidade que encontra no Rio de Janeiro é completamente diferente. Ela descobre que seu marido faleceu e acaba refém de uma grande rede de prostituição e tráfico de mulheres, chefiada pelo impiedoso Tzvi (Caco Ciocler). Mesmo tendo que transgredir com suas próprias crenças, Rebeca encontra aliadas que vivem o mesmo drama que ela e, juntas, lutarão por liberdade.

O filme ainda não teve sua data de estreia divulgada.


E lá se foi metade do ano... Até agora, qual foi o melhor filme de 2022?

  • "O Beco do Pesadelo"
  • "Spencer"
  • "Morte no Nilo"
  • "Uncharted"
  • "Licorice Pizza"
  • "The Batman"
  • "Sonic 2: O Filme"
  • "Medida Provisória"
  • "Animais Fantásticos: Os Segredos de Dumbledore"
  • "Doutor Estranho no Multiverso da Loucura"
  • "O Homem do Norte"
  • "O Peso do Talento"
  • "Top Gun: Maverick"
  • "Jurassic World: Domínio"
  • "Lightyear"
  • "Tudo em Todo o Lugar ao Mesmo Tempo"

+ Já segue o CineBuzz nas redes sociais? Então não perde tempo!


Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!