CineBuzz
Facebook CineBuzzTwitter CineBuzzInstagram CineBuzz
Cinema / EITA!

Tom Hanks detona "O Código da Vinci" e sequências: "Bobagens comerciais"

Ator também citou imprecisão histórica dos filmes inspirados na obra de Dan Brown

ANGELO CORDEIRO | @ANGELOCINEFILO Publicado em 13/06/2022, às 17h31

Tom Hanks detona "O Código da Vinci" e sequências: "Bobagens comerciais" - Divulgação/Sony Pictures
Tom Hanks detona "O Código da Vinci" e sequências: "Bobagens comerciais" - Divulgação/Sony Pictures

Tom Hanks não omitiu o que pensa sobre "O Código da Vinci" e as sequências "Anjos e Demônios" e "Inferno". Em entrevista ao The New York Times, o ator contou que considera os filmes "bobagens comerciais".

"Por Deus, aquilo foi um investimento puramente comercial. Sim, as sequências de Robert Langdon são bobagens. 'O Código Da Vinci' é uma bobagem", definiu ele. "Eles são caças ao tesouro divertidas, mas tão historicamente corretas quanto James Bond é fiel ao mundo real da espionagem".

O ator ainda zombou das "liberdades" tomadas pelo autor Dan Brown nos livros que inspiraram os filmes: "Ele escreve: 'Olhe esta escultura em Paris!'. Bom, não, ela está em outro lugar. 'Olhe como essas locações formam uma cruz no mapa!'. Bom, parece só um pouco uma cruz".

Hanks disse que tanto os livros quanto as adaptações são "tão cínicas quanto uma página de palavras cruzadas", e que "tudo o que elas querem fazer é criar uma distração". Ele acrescentou que não se opõe a projetos mais comerciais, e justificou sua opinião negativa dos longas em que interpretou Langdon.

"Não há nada errado com um bom filme comercial, desde que seja um bom filme comercial. Acho que, quando fizemos o terceiro, já tínhamos provado que não era o caso com essa franquia", decretou.

"O Código Da Vinci" (2006), "Anjos e Demônios" (2009) e "Inferno" (2016) arrecadaram, juntos, mais de US$ 1,4 bilhão nas bilheterias mundiais.


+ Já segue o CineBuzz nas redes sociais? Então não perde tempo!