CineBuzz
Coronavírus / EITA!

Prostitutas protestam pela reabertura de bordéis na Alemanha

Profissionais estão sem trabalhar desde meados de março devido à pandemia de coronavírus

Redação Publicado em 12/07/2020, às 17h28

Prostitutas fazem protestos na Alemanha pela reabertura de bordéis - PublicDomainPictures/Pixabay
Prostitutas fazem protestos na Alemanha pela reabertura de bordéis - PublicDomainPictures/Pixabay

Sem poderem trabalhar devido à pandemia de coronavírus, garotas de programa realizaram protestos nas cidades de Berlim e Hamburgo, na Alemanha, pela reabertura dos bordéis.

+ Leia mais: Homem morre após ser picado por cobra naja ao tentar resgatá-la; assista ao vídeo

As casas estão fechadas desde meados de março, quando foi instaurada a quarentena para conter os avanços da pandemia de coronavírus no país, que tinha 199.802 casos confirmados do novo vírus e 9.133 mortes registradas até a tarde deste domingo (12).



O trabalho sexual é legalizado na Alemanha e, com a reabertura de lojas, restaurantes e bares no país, as profissionais agora pedem para também poderem reabrir os seus locais de trabalho. Os protestos foram cunhados na crença de que estão excluídas e privadas de seus meios de vida, já que o retorno do exercício da profissão foi permitido em países vizinhos, como a Suíça e a Áustria.

+ Leia mais: Influencer Romagaga acusa aplicativo de paquera Tinder de transfobia: "Eu, como trans, não existo"

As prostitutas alegam não ofecererem maior risco do que qualquer outro estabelecimento. Em entrevista ao site RT, a Associação Profissional de Prestadores de Serviços Eróticos e Sexuais (Professional Association for Erotic and Sexual Service Providers - BeSD) declarou:

"Infelizmente, profissionais do sexo, que são particularmente familiares com higiene e medidas de proteção, aparentemente não estão sendo tratadas como pessoas que podem ser responsáveis por cuidar da proteção contra o coronavírus na Alemanha".

+ Leia mais: Heather Morris, de Glee, solicita permissão à polícia para conduzir grupos de buscas a Naya Rivera

Em um comunicado, a associação complementou: "Prostituição não carrega mais risco de infecção do que outros serviços de contato, como massagens, cosméticos ou até dança ou esportes de contato. Higiene é uma parte importante do negócio de prostituição".

O grupo ainda argumenta que bordéis poderiam facilmente incorporar as medidas de seguraça aplicadas aos demais estabelecimentos, como o uso de máscaras, ambientes bem ventilados e registro das informações de saúde de clientes.

 


+ Itens para maratonar filmes em casa:

1. Pipoqueira Philco: https://amzn.to/3746SUt

2. Almofada porta-pipoca: https://amzn.to/2sxJ0JK

3. Smart TV LED Panasonic: https://amzn.to/38kZXGr

4. Fire TV Stick: https://amzn.to/30xAnLH

5. Home Theater Philco: https://amzn.to/38hufKl

6. Poltrona reclinável, K.R. Móveis: https://amzn.to/2Nz93Yi

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a Exitoína pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.