CineBuzz
Famosos / CULPADO

Irmão de Nicki Minaj é sentenciado a prisão por ter estuprado menor de idade

De acordo com o TMZ, a sentença de Jelani Maraj pode ser de ''25 anos a prisão perpétua''

Redação Publicado em 27/01/2020, às 15h45

Nicki Minaj em clique nas redes sociais e seu irmão, Jelani Maraj, em um tribunal em 2017 - Instagram/YouTube
Nicki Minaj em clique nas redes sociais e seu irmão, Jelani Maraj, em um tribunal em 2017 - Instagram/YouTube

O irmão da rapper Nicki Minaj foi sentenciado a cumprir ''25 anos a prisão perpétua'' após ser julgado de ser o culpado em um caso de estupro de uma criança, de acordo com o TMZ

O veículo ainda afirmou que a sentença foi dada nesta segunda-feira (27) em uma audiência em Nova York, meses após o veredito final. 

+Leia mais: BBB20: Internautas criticam participantes por relatarem caso de zoofilia

Jelani Maraj foi considerado culpado de agressão sexual predatória contra sua enteada de 11 anos e ainda por ter colocado a vida e o bem-estar da menor de idade em risco. 

Nicki nunca testemunhou durante o julgamento, apesar das alegações feitas pela equipe de defesa de Jelani de que ela testumanharia no caso do irmão, de acordo com o TMZ. Porém, o advogado de Jelani leu uma carta de Nicki Minaj datada de 2016 em que ela escreveu um apelo para que o irmão pegasse uma sentença mais moderada, segundo o Page Six

+Leia mais: Artistas de k-pop são condenados por estupro coletivo

O portal afirmou que Minaj se refere ao irmão na carta como o ''homem mais paciente, gentil, genuíno e altruísta'' que ela conhece. Maraj pediu clemência em sua sentença, embora alegou ser inocente das acusações quando perguntado.