CineBuzz
Famosos / CONFISSÃO

Melhor amiga de Whitney Houston revela que viveu romance com a cantora: ''Nós realmente significávamos tudo uma para a outra''

Robyn Crawford lançará um livro de memórias sobre a vida da artista, ex-companheira e melhor amiga

Redação Publicado em 06/11/2019, às 15h10

Whitney Houston cantando I Will Always Love You ao vivo em 1999 - YouTube
Whitney Houston cantando I Will Always Love You ao vivo em 1999 - YouTube

Robyn Crawford era uma das melhores amigas e confidente da cantora Whitney Houston e, agora, ela quebrou o silêncio e decidiu revelar que ambas foram um par romântico na década de 1980. 

De acordo com a Entertainment Weekly, Robyn lançará um livro de memórias sobre a cantora, que morreu em 2012 em Los Angeles. Nele, a melhor amiga de Whitney Houston descreve os anos que passou ao lado dela e de seus momentos mais íntimos. 

Sete anos após a morte da lenda da música, ela escreve: ''Cheguei ao ponto em que senti a necessidade de defender nossa amizade. E senti uma urgência em me levantar e compartilhar a mulher por trás do talento incrível''. 

++Traficante de Mac Miller é preso por ter ligação com morte do rapper

A relação das duas começou na década de 1980 quando se conheceram em Nova Jersey e permaneceram ao lado da outra durante os mais de 20 anos de carreira de Whitney, mas como melhores amigas. 

Segundo a publicação, Houston decidiu dar um fim ao relaciomento após seu contrato com a primeira gravadora. ''Ela disse que nós não deveríamos mais nos envolver fisicamente porque isso iria tornar a nossa jornada ainda mais difícil", revelou Robyn. 

A confidente da dona do hit I Wil Always Love You ainda disse que a companheira alertou que as pessoas usariam o relaciomento contra elas mesmas caso soubessem. ''E lá nos anos 80, era assim que a gente se sentia. Então, mantive isso em segredo. Encontrei conforto no meu silêncio'', afirmou. 

++James Dean retorna ao cinema em CGI após mais de 60 anos de sua morte

Robyn Crawford ainda diz que elas nunca conversaram sobre o que aquele relaciomento signficava. ''Nós nunca conversamos sobre rótulos como sermos lésbicas. Nós apenas vivemos nossas vidas e eu esperava que tivesse sido daquele jeito para sempre", constatou. 

"Whitney sabia que eu a amava e eu sabia que ela me amava. Nós realmente significávamos tudo uma para a outra. Nós juramos estarmos lá uma para a outra'', confessa a ex-companheira de Houston, a qual planeja lançar o livro de memórias para mostrar a mulher por trás da cantora de sucesso.

++Morte de Amy Winehouse completa oito anos e Kelly Osbourne presta homenagem à amiga

Ela conclui dizendo que quer levar o legado de Whitney adiante e respeitar sua história por contá-la como era antes e depois da fama. Whitney Houston foi encontrada sem vida em uma banheira de um dos quartos do hotel Beverly Hilston, em Los Angeles.