CineBuzz
Famosos / LUTO

Ned Eisenberg, de "Mare of Easttown" e "Law & Order", morre aos 65 anos

Ator foi vítima de dois tipos de cânceres raros

ANGELO CORDEIRO | @ANGELOCINEFILO Publicado em 01/03/2022, às 10h29 - Atualizado às 10h30

Ned Eisenberg, de "Mare of Easttown" e "Law & Order", morre aos 65 anos - Divulgação/NBC
Ned Eisenberg, de "Mare of Easttown" e "Law & Order", morre aos 65 anos - Divulgação/NBC

Ned Eisenberg, um prolífico ator de teatro, televisão e cinema, reconhecido por seu papel como o advogado de defesa Roger Kressler na série "Law & Order: Unidade de Vítimas Especiais", morreu de câncer em 27 de fevereiro em sua casa em Nova York. 

Sua morte foi anunciada por seus agentes em nome de sua esposa, a atriz Patricia Dunnock, e família. Ele tinha 65 anos.

Em um comunicado ao TMZ, Dunnock disse: "Como o próprio Ned diria, ele foi atacado por dois assassinos muito raros -- colangiocarcinoma e melanoma ocular. Ao longo de dois anos, ele enfrentou os cânceres bravamente e em particular, enquanto continuava a trabalhar para garantir que pudesse pagar sua cobertura médica e a da sua família", disse a esposa ao site.

Nascido no Bronx, Eisenberg começou sua carreira no cinema e na TV no início dos anos 1980, mais notavelmente em quatro episódios de "Miami Vice" e, em 1990, um papel de protagonista na comédia "The Fanelli Boys".

Seus vários créditos de TV incluem "Família Soprano", "Dash and Lilly", "Law & Order", "The Plot Against America", "The Blacklist", "Elementary", "The Good Wife", "30 Rock", "The Night Of", "Mare of Easttown", entre muitos outros. Mais recentemente, ele estrelou como o personagem Lou Rabinowitz na série "Maravilhosa Sra. Maisel".

Eisenberg também teve uma movimentada carreira cinematográfica, interpretando Sally Mendoza em "Menina de Ouro", de Clint Eastwood, e, dois anos depois, o fotógrafo Joe Rosenthal em "A Conquista da Honra", também de Clint. Outros créditos no cinema incluem "World Trade Center", de Oliver Stone, "Sem Limites", "O Último Matador", "Um Trânsito Muito Louco", e outros.

No palco, Eisenberg apareceu pela primeira vez na Broadway em "The Green Bird", de 2000, retornando em 2006 no revival de "Awake and Sing!". As apresentações subsequentes da Broadway incluem "Golden Boy", "Rocky" e "Six Degrees of Separation".

Ele deixa a esposa e o filho, Lino.