CineBuzz
Música / LANÇAMENTO

Anitta celebra sua liberdade e versatilidade no álbum "Versions of Me"; ouça

Disco possui parcerias com Khalid, Mr. Catra, Afro B e Chencho Corleone

CAMILA GOMES | @CAMILAGMS Publicado em 13/04/2022, às 09h40 - Atualizado às 09h40

Capa do álbum "Version of Me" - Divulgação
Capa do álbum "Version of Me" - Divulgação

A cantora Anitta lançou "Versions of Me", seu quinto álbum de estúdio. O projeto chegou às plataformas digitais com hits consagrados, incluindo "Me Gusta", "Girl From Rio", “Boys Don’t Cry” e "Envolver".

O disco possui 15 faixas, que celebram a liberdade e toda a versatilidade da cantora. O projeto conta com parcerias inéditas com Khalid, Ty Dolla $ign, Afro B e Chencho Corleone, incluindo uma canção póstuma com Mr. Catra. Além dos artistas mencionados, o projeto conta com as colaborações já conhecidas pelo público, incluindo Cardi B, Myke Towers e Saweetie.

A capa do disco deu o que falar nas redes sociais e virou até meme. A arte teve direção criativa de Maxime Quoilin (responsável por projetos de Beyoncé, Jay-Z, Rihanna e Miley Cyrus). A capa conta com seis bustos da artista brasileira, cada um representando uma fase e faceta da cantora. A fotografia do álbum é assinada pelo diretor criativo Jacob Webster, conhecido por fotografar grandes estrelas, incluindo Doja Cat, Kim Kardashian, Cardi B e Chlöe Bailey.

“Versions of Me” é o quinto álbum da carreira de Anitta. Antes disso, ela lançou “Anitta” (2013), “Ritmo Perfeito” (2014), “Bang” (2015) e “Kisses” (2019). Recentemente Anitta fez história ao se tornar a primeira artista solo brasileira a colocar uma música na primeira posição do ranking Global do Spotify com o hit “Envolver”.

Apesar do feito inédito, o hit se envolveu em uma polêmica. Um artigo do site Rest of the World sugeriu que a audiência jogou com o algoritmo do Spotify para que Anitta atingisse a primeira posição do Spotify Global com o hit “Envolver”, no dia 25 de março.

Segundo o Spotify, a plataforma digital possui ferramentas capazes de identificar se houve fraude na contagem dos plays e irá analisar se os fãs da artista realmente utilizaram "robôs" (bots) para reproduzirem a música indefinidamente.

Paulo Pimenta, assessor de comunicação e imprensa de Anitta, escreveu uma carta aberta negando as acusações e afirmou: "Ainda bem que a matemática não mente e que a grande maioria dos brasileiros ainda tem orgulho dos artistas nacionais e se envolveu com a Anitta ao ponto de quebrarem juntos barreiras nunca antes ultrapassadas."


+ Já segue o CineBuzz nas redes sociais? Então não perde tempo!