CineBuzz

"BBB21": Sarah se torna a participante menos votada da história do reality show

Na mesma noite, Nego Di superou todos os recordes de rejeição ao ser eliminado com 98,76% dos votos

Redação Publicado em 17/02/2021, às 00h51

Sarah foi a participante menos votada da história do "Big Brother Brasil" disputando contra Nego Di, recordista de rejeição - Globo/Fábio Rocha
Sarah foi a participante menos votada da história do "Big Brother Brasil" disputando contra Nego Di, recordista de rejeição - Globo/Fábio Rocha

Na noite de terça-feira (16), Nego Di foi eliminado do "Big Brother Brasil 21" com 98,76% dos votos e tornou-se o participante com a maior rejeição da história do reality show. Porém, ele não foi o único recordista: com 0,37% dos votos, Sarah se tornou a participante menos votada de todas as edições do programa.

O recorde anterior pertencia a Rafa Kalimann, do "BBB20", no paredão que disputou contra Babu Santana Pyong Lee, que acabou eliminado. Na ocasião, Rafa, que era uma das queridinhas da edição e ficou em segundo lugar na final, recebeu apenas 0,59% dos votos.

+ Leia também: Nego Di entra para a história do "Big Brother Brasil" ao ser eliminado da 21ª edição com 98,76% dos votos

Com a rejeição obtida no terceiro paredão do "BBB21", Nego Di supera Aline dos Santos, do "BBB5", que foi a detentora da maior porcentagem da história do reality show por cerca de 15 anos. Em seguida, vem Patrícia Leitte, outra recordista, que foi eliminada do "BBB18" com 94,26% dos votos em um paredão triplo. No domingo (14), após a formação de paredão, a ex-"BBB" duvidou que a coroa seria do humorista a partir desta terça (16).

Nego Di também supera todos os maiores vilões de todas as edições: Felipe Cobra, do "BBB7", deixou a casa com 93% após se unir a Alberto Cowboy e ir contra o campeão da edição, Diego Alemão. Do mesmo ano, Airton Negão recebeu 91% dos votos em um paredão contra o próprio Alemão.

+ Leia também: "Morte" de Fiuk vira piada durante o programa

Dois anos antes, Rogério Padovan, o Dr. Gê, líder do grupinho de vilões da quinta edição, foi eliminado com 92% dos votos em um paredão contra Sammy o segundo colocado da edição, que contou com Grazi Massafera e Jean Wyllis. Anos depois, no "BBB12", o projetista de iluminação Rafa deixou a casa com a mesma porcentagem de Dr. Gê, consagrando o recorde da edição.