CineBuzz
LUTO

Missa de 7ª dia do jornalista Pedro Rocha, editor-chefe da Exitoína, será nesta quinta, em SP

O jornalista de 27 anos passou pelas redações do Papelpop e Grupo Estado antes de entrar no projeto do Exitoína

Redação Publicado em 09/01/2020, às 07h33

Pedro Rocha, editor-chefe de Exitoína, morreu no último dia 3 aos 27 anos - Instagram
Pedro Rocha, editor-chefe de Exitoína, morreu no último dia 3 aos 27 anos - Instagram

Será realizada nesta quinta-feira, 9, na Igreja de Nossa Senhora da Consolação (R. da Consolação, 585 - Consolação), a partir das 19h, a missa de sétimo dia do jornalista Pedro Rocha, editor-chefe de Exitoína, que morreu no último dia 3, após sofrer uma parada cardiorrespiratória.

Pedro tinha 27 anos e uma carreira grandiosa e promissora no jornalismo. Nascido e criado em Aracaju, em Sergipe, ele estagiou na Ordem dos Advogados do Brasil da cidade antes de migrar para o Papelpop, site de cultura e entretenimento de onde saiu como redator-chefe, depois de três anos, para integrar o Grupo Estado.

+ Leia mais: Pedro Rocha, editor-chefe de Exitoína, morre em São Paulo aos 27 anos

Em março de 2019, Pedro aceitou o convite de comandar o Exitoína, novo site de cultura e entretenimento da Editora Caras. Como descreveu o amigo Pedro Antunes, editor-chefe da Rolling Stone que o indicou à vaga: "Ali, destacou-se pelas boas sacadas de matérias, pela agilidade em entregar a informação e pelos altos números apresentados em audiência em tão pouco tempo".

Pedro foi sepultado no Cemitério Parque Colina da Saudade, em sua cidade natal, no último domingo, 5.

A equipe do Exitoína deseja força aos pais, Chico e Rosângela, familiares e amigos de Pedro para encontrarem paz em um momento tão difícil, assim como temos feito nos último dias.