CineBuzz

"Bridgerton": Diretor comenta menos cenas de sexo na nova temporada

Chris Van Dusen explicou que "não se trata da quantidade"

Thamyris Couto| @thamy_couto Publicado em 25/03/2022, às 12h44 - Atualizado às 13h07

"Bridgerton": Diretor comenta menos cenas de sexo na nova temporada - Divulgação/Netflix
"Bridgerton": Diretor comenta menos cenas de sexo na nova temporada - Divulgação/Netflix

As primeiras impressões sobre a segunda temporada de "Bridgerton" já foram compartilhadas pelo público, após ela finalmente chegar ao catálogo da Netflix nesta sexta-feira (25). E algo que notaram de diferente foi a menor quantidade de cenas de sexo ao longo dos episódios. Mas, para isto, o diretor Chris Van Dusen tem uma boa explicação.

Em uma coletiva, ele pontuou que “nunca se tratou de quantidade para nós; não tínhamos um número de cena de sexo que precisávamos ter em cada temporada”, afirmou. “É uma história diferente, focada em personagens diferentes”. (via Omelete)

Aproeitando o assunto, Van Dusen chegou a comparar a atual relação da série entre Anthony Bridgerton (Jonathan Bailey) e Kate Sharma (Simone Ashley), com a anterior de Daphne Bridgerton (Phoebe Dynevor) e do Duque de Hastings (Regé-Jean Page). “Acho igualmente sexy, escandalosa e quente. Há algo muito satisfatório nas trocas de olhares deles e nas mãos que mal se tocam”, apontou.

“A tensão sexual é aparente na tela, especialmente na forma como Jonathan e Simone retratam Kate e Anthony. Eles são absolutamente magnéticos, e a química deles é extraordinária”, seguiu falando sobre a relação entre o casal mais recente da trama.

Por fim, e voltando às cenas de sexo da série, o showrunner declarou que "nós usamos essas cenas para contar uma história, não colocamos uma cena de sexo só por colocar. Elas servem a um propósito maior."

As duas primeiras temporadas de "Bridgerton" já estão disponíveis na Netflix.