CineBuzz

"Pacificador": Integrante do Esquadrão Suicida estará na série

Derivado do longa de anti-heróis será lançado na HBO Max em 2022

Redação Publicado em 31/08/2021, às 09h04

O Pacificador é vivido por John Cena - (Divulgação/Warner Bros.)
O Pacificador é vivido por John Cena - (Divulgação/Warner Bros.)

Os fãs de “O Esquadrão Suicida” poderão matar a saudades de parte do elenco no próximo projeto da DC em breve! James Gunn, diretor do longa, revelou no Twitter que a série “Pacificador”, focada no personagem de John Cena, terá a participação de mais um dos anti-heróis do grupo.

Enquanto assistia ao “O Esquadrão Suicida” e comentava a trama com os fãs através da rede social, o cineasta afirmou que alguns personagens familiares devem retornar para o derivado da HBO Max. "Pacificador, Emilia Harcourt [Jennifer Holland], John Economos [Steve Agee] e, bom, talvez mais um", publicou Gunn.

Os personagens mencionados pelo diretor são os agentes do governo que trabalham na equipe de Amanda Waller (Viola Davis) e que durante a cena pós-crédito do projeto, foram designados para cuidar do Pacificador.

Apesar de fazer mistério sobre qual criminoso estaria presente no seriado, James Gunn lembrou que diferente do que muitos acreditam, o TDK, vivido por Nathan Fillion, não morreu no filme. "Importante notar que, se você olhar para os sinais vitais na sala de comunicações, TDK não morreu", escreveu Gunn.

"O Pacificador tem um conjunto claro de ideais que considero muito interessante. Você sabe: 'Eu quero paz, não importa quantos homens, mulheres e crianças eu precise matar para consegui-la'", disse Gunn em entrevista à revista Empire. "Parece besteira, mas faz algum sentido. E dá para ver no John que ele não se sente bem - e isso é essencial para a série."

Além de Cena no papel principal, o elenco também contará com a atriz Danielle Brooks ("Orange is the New Black"), que dará vida a Leota Adebayo, enquanto o ator Chris Conrad ("Patriot") interpretará o Vigilante.

A série "Pacificador" estreia na plataforma de streaming em 16 de janeiro de 2022.