CineBuzz
Facebook CineBuzzTwitter CineBuzzInstagram CineBuzz

"Pacto Brutal": Quais são as redes sociais de Guilherme de Pádua, assassino de Daniella Perez?

"Pacto Brutal: O Assassinato de Daniella Perez", lançado na HBO Max, conta a história de um dos crimes mais polêmicos do Brasil

Thamyris Couto| @thamy_couto Publicado em 22/07/2022, às 12h15 - Atualizado em 26/07/2022, às 12h00

Quais são as redes sociais de Guilherme de Pádua, assassino de Daniella Perez? - Reprodução/Instagram
Quais são as redes sociais de Guilherme de Pádua, assassino de Daniella Perez? - Reprodução/Instagram

"Pacto Brutal: O Assassinato de Daniella Perez" chegou à HBO Max na última quinta-feira (21) e, em episódios lançados semanalmente, pretende elucidar um dos crimes mais chocantes da história brasileira. Em 28 de dezembro de 1992, Guilherme de Pádua, colega de elenco de Daniella Perezna novela "De Corpo e Alma", emboscou a atriz e, com a ajuda da então esposa, Paula Nogueira Thomaz, matou a intérprete de Yasmin no folhetim com diversas punhaladas, antes de abandonar o corpo em um matagal na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

O ex-ator mantinha perfis nas principais redes sociais. Entretanto, após o anúncio da série documental, em novembro do ano passado, Pádua excluiu sua conta oficial do Instagram, onde somava cerca de 40 mil seguidores.

Na rede social, ele compartilhava momentos ao lado da atual esposa, a maquiadora Juliana de Pádua Lacerda, e também a sua rotina como pastor da igreja evangélica. Ele também é um ávido apoiador de Jair Bolsonaro (PL) e costumava compartilhar defesas ao presidente, assim como participações em manifestações e eventos em apoio ao governo federal.

No entanto, em meio ao lançamento de "Pacto Brutal: O Assassinato de Daniella Perez", o autor do crime reativou o perfil @guilhermedepadua_oficial, que é trancado para desconhecidos. Além de manter a publicações antigas, Pádua compartilhou posts criticando a série da HBO e a nova repercussão do caso, que o colocou novamente em evidência.

SOBRE O CASO

Daniella Perez foi morta no dia 28 de dezembro de 1992, em um caso que parou o Brasil. Na época, ela interpretava a personagem Yasmin na novela "De Corpo e Alma", mesma produção televisiva em que Guilherme de Pádua Thomaz estrelara. Ele foi o responsável pelo assassinato da atriz, que teve ajuda de sua ex-esposa, Paula Nogueira Peixoto

O corpo de Daniella foi encontrado em um terreno baldio, no Rio de Janeiro, com as feridas causadas por tesoura. Ao todo, a perícia totalizou 18 apunhaladas. O casal foi condenado a 16 e 19 anos de prisão, respectivamente, em 1997, mas tiveram a pena reduzida para 6 anos.

SOBRE "PACTO BRUTAL"

"Pacto Brutal" mostra detalhes da tragédia que chocou o Brasil em 1992, quando Daniella Perez foi assassinada por Guilherme de Pádua, aos 22 anos. Ao todo, a produção terá cinco episódios dirigidos por Tatiana Issa e Guto Barra e os dois primeiros já estão disponíveis no catálogo da plataforma de streaming. Os três episódios restantes serão lançados semanalmentes na HBO Max.

O documetário ainda traz depoimentos de Glória Perez, mãe da artista,Raul Gazolla, viúvo de DaniellaMaurício MattarClaudia RaiaFábio AssunçãoCristiana Oliveira e Eri Johnson, e a jornalista Glória Maria.


Leia mais sobre "Pacto Brutal: O Assassinato de Daniella Perez":


E lá se foi metade do ano... Até agora, qual foi o melhor filme de 2022?

  • "O Beco do Pesadelo"
  • "Spencer"
  • "Morte no Nilo"
  • "Uncharted"
  • "Licorice Pizza"
  • "The Batman"
  • "Sonic 2: O Filme"
  • "Medida Provisória"
  • "Animais Fantásticos: Os Segredos de Dumbledore"
  • "Doutor Estranho no Multiverso da Loucura"
  • "O Homem do Norte"
  • "O Peso do Talento"
  • "Top Gun: Maverick"
  • "Jurassic World: Domínio"
  • "Lightyear"
  • "Tudo em Todo o Lugar ao Mesmo Tempo"

+ Já segue o CineBuzz nas redes sociais? Então não perde tempo!