CineBuzz
Streaming / EITA!

Ministério da Justiça determina que filme de Danilo Gentili seja retirado do streaming

"Como Se Tornar o Pior Aluno da Escola" tem sido acusado por apologia à pedofilia

ANGELO CORDEIRO | @ANGELOCINEFILO Publicado em 15/03/2022, às 13h24

Governo determina que filme de Danilo Gentili seja retirado do streaming - Divulgação/Paris Filmes
Governo determina que filme de Danilo Gentili seja retirado do streaming - Divulgação/Paris Filmes

A Secretaria Nacional do Consumidor, órgão vinculado ao Ministério da Justiça, emitiu um despacho nesta terça-feira (15) determinando que os serviços de streaming removam de seus catálogos o filme "Como Se Tornar o Pior Aluno da Escola", baseado no livro homônimo do humorista Danilo Gentili.

Caso não cumpram a ordem em até cinco dias, as empresas estarão sujeitas a multas diárias de R$ 50 mil. O longa lançado em 2017 presente no acervo da Netflix desde fevereiro de 2022 passou a ser acusado por comentaristas e políticos bolsonaristas de fazer apologia à pedofilia.

A polêmica gira em torno de uma cena do filme em que o personagem Cristiano, interpretado por Fábio Porchat, pede a dois estudantes menores de idade (Bruno Munhoz e Daniel Pimentel), que o masturbem. Quando eles negam, Cristiano argumenta: “O que é isso, preconceito nessa idade? Gente, é super normal, vocês têm que abrir a cabeça de vocês. Uma juventude retrógrada?”.

No Twitter, a hashtag #PedofiliaNaNetflix viralizou desde domingo (13). Confira a cena compartilhada pelo Secretário Especial da Cultura, Mário Frias:

Gentili foi ao Twitter responder às reações adversas: "O maior orgulho que tenho na minha carreira é que consegui desagradar com a mesma intensidade tanto petista quanto bolsonarista". Confira a seguir:

Parte dos usuários do Twitter apoiam a decisão de censurar o filme, enquanto outros apontam a possibilidade de ser uma estratégia dos apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL) para desviar a atenção da alta nos preços dos combustíveis.