CineBuzz
TV e Séries / TV / CASO GRAVE

"BBB21": Caio afirma já ter colocado ovo quente na boca de cachorro e é acusado de maus-tratos a animais

Assessoria negou e disse que o vídeo está fora de contexto e incompleto

Redação Publicado em 09/02/2021, às 13h10

Caio comentou que já colocou um ovo quente na boca de um cachorro - Reprodução/Globoplay
Caio comentou que já colocou um ovo quente na boca de um cachorro - Reprodução/Globoplay

Na manhã desta terça-feira (9), em conversa com Sarah Rodolffo no "BBB21", Caio comentou que já chegou a colocar um ovo quente na boca de um cachorro, gerando revolta nas redes sociais. Internautas acusaram o fazendeiro de maus tratos a animais.

O assunto começou com Rodolffo falando sobre cachorros que comem ovos nas fazendas. Caio acrescentou: "Aí só tem um recurso pra ele no meu modod de pensar, porque tudo quanto é trem que você imaginar fazer com cachorro eu já fiz e ele não largou dessa mania, não. Já esquentei ovo, fervendo, pus na boca do cachorro e fechei", declarou.

+ Leia também: Rodolffo é acusado de homofobia após comentário de Gilberto

Nas redes sociais, o comentário do fazendeiro não pegou bem entre o público, inclusive entre seus fãs. "A admiração que eu tinha pelo Caio acabou aqui. Maldito", escreveu um deles. Confira mais comentários:

 

 

 

 

 

+ Leia também: Lucas diz que beijo em Gilberto foi um ato de amor em meio à violência

Com a repercussão negativa, a assessoria de Caio se pronunciou e emitiu uma nota de esclarecimento negando maus tratos a animais por parte do fazendeiro: "Não existe nenhuma declaração de maus tratos do participante do 'BBB21' Caio Afiune, como tem sido espalhado nas redes sociais. O vídeo é um diálogo em que, ao final, ele já esclarece que jamais agrediria um animal", diz o texto.

"De forma isolada, as interpretações ferem a conduta e o caráter do Caio e ficamos tristes com a proporção que isso ganhou, já que se trata de uma notícia intencionalmente editada", ainda diz. "As conversas e julgamentos publicados nesta terça-feira, 90, são inverdades e esperamos que o vídeo completo esclareça essa situação". Confira: