CineBuzz
TV e Séries / TV / POLÊMICA

Disney Plus pode não ser lançado no Brasil por conta de denúncia da Claro; entenda

Plataforma estava prevista para ser lançada no país em novembro

Redação Publicado em 03/08/2020, às 12h41

Cena da série The Mandalorian, do Disney+ - Reprodução/Disney
Cena da série The Mandalorian, do Disney+ - Reprodução/Disney

Parece que a tão esperada da plataforma de streaming Disney Plus no Brasil pode demorar ainda mais, visto que a empresa está enfrentando um impasse jurídico no país.

Segundo reportagem feita pelo jornal O Globo, a entrada do serviço no mercado nacional está sendo contestada pela Claro, que teria denunciado o serviço de streaming da Disney à ANATEL (Agência Nacional de Telecomunicações).



A empresa brasileira alega que a plataforma da Disney não possui produções nacionais em seu catálogo, o que vai de encontro com a Lei da TV Paga, que estabelece cotas de conteúdos produzidos no Brasil.

De acordo com a denúncia da Claro, a Disney não disponibilizar produções brasileiras seria uma concorrência desleal, uma vez que a empresa tem o Now, seu próprio serviço de streaming.

+Leia mais: Primeiro filme com protagonista gay estreia no Disney+

Ainda, a publicação explicou que a decisão da ANATEL sobre o caso deve ser anunciada em agosto. Será debatido se a lei pode também obrigar que canais por assinatura tenham parte de suas grades ocupadas por conteúdo nacional.

Caso a decisão seja favorável ao Disney+, a plataforma deve então estrear no país ainda em novembro deste ano.

 

 

 


+ Itens para maratonar filmes em casa:

1. Pipoqueira Philco: https://amzn.to/3746SUt

2. Almofada porta-pipoca: https://amzn.to/2sxJ0JK

3. Smart TV LED Panasonic: https://amzn.to/38kZXGr

4. Fire TV Stick: https://amzn.to/30xAnLH

5. Home Theater Philco: https://amzn.to/38hufKl

6. Poltrona reclinável, K.R. Móveis: https://amzn.to/2Nz93Yi

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a Exitoína pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.