CineBuzz
TV e Séries / TV / POLÊMICA

Felipe Prior, do BBB20, dá depoimento sobre acusações de estupro

Três mulheres acusam o ex-participante do reality de violência sexual

Redação Publicado em 24/04/2020, às 15h57

Prior é visto em delegacia da mulher na capital paulista - Francisco Cepeda/Brazil News
Prior é visto em delegacia da mulher na capital paulista - Francisco Cepeda/Brazil News

O ex-participante do Big Brother Brasil Felipe Prior foi visto, nesta sexta-feira (24), em uma delegacia da mulher na capital paulista. Logo após ter sido eliminado do reality, o arquiteto foi acusado de estupro e tentativa de estupro.

O caso foi noticiado pela revista Marie Claire, que coletou relatos das vítimas. De acordo com elas, os crimes aconteceram na época em que Prior ainda estava na universidade.

O primeiro caso teria acontecido em agosto de 2014, durante durante os jogos universitários de turmas de Arquitetura e Urbanismo, conhecido como InterFAU. Prior teria dado uma carona para duas amigas após uma festa e, ao ficar sozinho com uma delas, teria violentado a menina.

+Leia mais: Felipe Prior faz apelo sobre críticas a participantes: "Espero que entendam minhas brincadeiras"

Ainda no InterFau, mas na edição que aconteceu em 2016, Felipe teria feito uma nova tentativa de estupro contra outra mulher. Dessa vez, segundo a vítima, o caso aconteceu em uma barraca no camping dos jogos universários.

O último relato é de 2018 e, mais uma vez, o arquiteto teria se aproveitado de outra vítima. Ele convidou uma garota de 23 anos para a sua barraca e eles começaram a ter relações sexuais com consentimento de ambos. No entanto, quando ele começou a ficar agressivo, a garota tentou parar, mas não pode conter Felipe, que continuou com o ato.

+Leia mais: Acusado de estupro, Felipe Prior agradece apoio e alfineta sister do BBB20

Logo após o caso ter sido divulgado pela revista, no início de abril, Felipe usou seu perfil no Instagram para se declarar inocente.