CineBuzz
TV e Séries / TV / POLÊMICA

Gregório Duviver rebate críticas de grupos religiosos contra o especial de Natal do Porta dos Fundos

Um abaixo-assinado que pede a retirada da produção do catálogo da Netflix já conta com mais de 790 mil assinaturas

Redação Publicado em 11/12/2019, às 18h43

Gregório Duvivier em cena do especial de natal do Porta dos Fundos na Netflix - Netflix
Gregório Duvivier em cena do especial de natal do Porta dos Fundos na Netflix - Netflix

Desde que o especial de natal do Porta dos Fundos estreou no Netflix, grupos religiosos montaram um abaixo assinado em que pedem para que o filme saia do catálogo da plataforma. Diante disso, Gregório Duvivier rebateu as críticas nesta quinta-feira (11) em sua coluna na Folha de São Paulo. 

O ator fez questão de escrever como se fosse Jesus Cristo e explicar o motivo da produção não ter ofendido nenhuma religião. "Queridos seguidores, aqui quem fala é Jesus. De novo. É chato ter que repetir as coisas. Achei que bastasse a Bíblia. Pedi pro pessoal contar quatro vezes a minha história, pra ajudar a fixar", começou o texto.

+Leia mais: Porta dos Fundos ganha prêmio de Melhor Comédia no Emmy Internacional

Logo em seguida, ele complementou citando o abaixo-assinado e, aliás, usou a goleada que a Alemanha deu no Brasil na Copa do Mundo de 2014 como um dos exemplos. "A novidade é que tão fazendo um abaixo-assinado em meu nome pra proibir um especial de comédia “ofensivo”. Se ofende a mim, deixa comigo, pessoal. Eu sou foda'', constatou na coluna.

E ainda escreveu: ''Aquele 7 a 1 da Alemanha, por exemplo, foi coisa minha. Não aguentava aquela seleção de crente cantando gospel. David Luiz ficava o dia inteiro me perturbando.''

Ele finalizou o texto brincando com ele mesmo no especial de natal e disse e ainda ressaltou que o filme não foi uma ofensa à religião. ''Antes que me esqueça: assisti ao especial. Não gostei. Merecia o Emmy? Não. O ator que me interpreta tem meio metro a menos que eu, e uns vinte quilos a mais, praticamente minha versão hobbit. Nesse sentido prefiro mil vezes o da Record, mais alto e mais sequinho. Mas ofender, ofender, não ofendeu", escreveu ao final. 

+Leia mais: Elenco do especial de fim de ano do Porta dos Fundos reage a cenas de Lucifer

No site Change.org há uma petição direcionada à Netflix, ao grupo Porta dos Fundos e ao Poder Legislativo pedindo a retirada da produção do catálogo do serviço de streaming. Até a tarde desta quarta-feira (11), o documento on-line já havia cerca de 795 mil assinaturas. 


+ É fã de um bom livro de fantasia? Então dá uma olhada nessa lista! Separamos 5 histórias incríveis que vão fazer você ler até não poder mais:

Box Trilogia O Senhor dos Anéis: Esse box reúne a trilogia do clássico O Senhor dos Anéis e vai te fazer mergulhar nos mistérios e aventuras da Terra-Média.

O nome do vento: Se você curte um livro interativo e cheio de reviravoltas, então esse é para você! “O nome do vento” te convida a desvendar a verdadeira identidade da personagem Kote. 


Sol e Tormenta: Procurando por um livro inovador? Escrito por Leigh Bardugo, “Sol e Tormenta” faz parte da Trilogia Grisha e é bem diferente dos outros do seu gênero por ter como protagonista uma personagem feminina. 

Prince of Thorns (The Broken Empire, Book 1): Para quem está procurando por um livro de fantasia medieval, essa é uma ótima opção! Sua versão em inglês escrita por Mark Lawrence conta uma história repleta de aventura, magia, traição e irmandade. 

O poder da espada: Considerada uma das melhores trilogias dos últimos tempos, “O poder da espada” narra o esforço de um grupo para combater o exército inimigo. Sem contar que para quem gosta de ação, esse livro é cheio de passagens de luta incríveis! 

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a revista Exitoina pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.