CineBuzz
TV e Séries / TV / VEM AÍ

Grey's Anatomy vai fugir do mórbido e abordar coronavírus sem centrar em "morte e desespero"

A showrunner Krista Vernoff revelou ter sido convencida por médicos a não ignorar a doença no enredo

Redação Publicado em 01/08/2020, às 11h56

Camilla Luddington como Jo Wilson e Ellen Pompeo como Meredith Grey em Grey's Anatomy - Divulgação/ABC
Camilla Luddington como Jo Wilson e Ellen Pompeo como Meredith Grey em Grey's Anatomy - Divulgação/ABC

Grey's Anatomy vai abordar a pandemia de coronavírus na nova temporada sem centrar em mortes e desespero. Isso porque a showrunner Krista Vernoff já não tinha a intenção de retratar a doença na série, mas foi alertada por médicos consultores da trama que omitir a crise sanitária seria uma decisão irresponsável.

Em entrevista para o podcast TV's Top 5, da revista Hollywood Reporter, a produtora explicou que foi convencida pelos profissionais da saúde, mas que pretende tratar do assunto de forma mais leve. "Para mim, era uma questão de fadiga. E pensei que as pessoas precisavam de um alívio no meio dessa crise sanitária", contou.

Em reunião, ela chegou a fazer um discurso contra a inclusão da pandemia na trama da 17ª temporada, mas todos os roteiristas quiseram defender a abordagem da doença quando questionados sobre a decisão, além dos próprios médicos.



"Mas, nossos consultores médicos foram particularmente persuasivos. Eles me convenceram de que seria irresponsável ignorar, no principal drama hospitalar da TV, a maior crise sanitária dos últimos tempos", explicou.

Krista ainda deixou claro pretende fugir do mórbido na abordagem da realidade da Covid-19. "Dá para contar uma história leve sobre as pessoas que estão de quarentena, dentro de suas casas. Tem como também apresentar como é a vida dos médicos que não vão para seus lares para não expor sua família a um contágio, e assim se juntam para alugar uma casa e entram em uma nova rotina", declarou. "Há muita coisa para abordar situações relacionadas à Covid-19 que não sejam necessariamente sobre morte e desespero", completou.

+ Leia Mais: Owen Hunt apoiando uso de cloroquina e outras teorias de fãs sobre nova temporada de Grey's Anatomy; veja

Ainda há o fato de que muitos cirurgiões que fazem operações eletivas, que não são urgentes, não trabalharam ou diminuíram significativamente a carga horária durante o período da pandemia. A mudança deve interferir na história de alguns personagens como Jackson Avery, vivido por Jesse Williams, principal cirurgião plástico da produção.

 

 


+ Itens para maratonar filmes em casa:

1. Pipoqueira Philco: https://amzn.to/3746SUt

2. Almofada porta-pipoca: https://amzn.to/2sxJ0JK

3. Smart TV LED Panasonic: https://amzn.to/38kZXGr

4. Fire TV Stick: https://amzn.to/30xAnLH

5. Home Theater Philco: https://amzn.to/38hufKl

6. Poltrona reclinável, K.R. Móveis: https://amzn.to/2Nz93Yi

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a Exitoína pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.