CineBuzz
TV e Séries / TV / polêmica

Representante do legado de Michael Jackson quer processar diretor de 'Leaving Neverland'

Durante evento na faculdade de Harvard, John Branca criticou o documentário e disse que os protetores do legado do cantor irão tomar as medidas legais

Redação Digital Publicado em 17/04/2019, às 10h50 - Atualizado às 11h04

Imagem do documentário 'Leaving Neverland' - Divulgação/HBO
Imagem do documentário 'Leaving Neverland' - Divulgação/HBO

O representante do legado de Michael JacksonJohn Branca, e outros dois membros da equipe querem processar o diretor do documentário Leaving NeverlandDan Reed.

Durante um painel na faculdade de direito de Harvard, chamado "Julgamento pela Mídia: Culpado até que se prove inocente", Branca falou publicamente pela primeira vez sobre o polêmico documentário da HBO, de acordo com o Hollywood Reporter.

Na faculdade, como conta o Hollywood Reporter, o representante criticou o documentário, principalmente pelo fato que eles não quiseram dar direito de resposta para os que cuidam do legado de Michael Jackson.

Em fevereiro, de acordo com o site, um processo de 100 milhões de dólares já foi direcionado para a HBO alegando que eles violaram um ponto de contrato feito em 1992 para exibir a gravação do show de Michael em Bucharest.

Como conta o Hollywood Reporter, John Branca disse que, agora, eles irão direcionar os processos contra o diretor do documentário.

Após o evento, Branca disse à Billboard que "essas pessoas criaram uma maldita hist[oria porque queriam ganhar dinheiro."

Além de acusar Dan Reed e todos os participantes de "participarem de uma mentira", John Branca concluiu: "Michael é grande demais para falhar". 

++ HBO vai exibir documentário sobre 'Game of Thrones'

O documentário Leaving Neverland aborda os supostos casos de pedofilia cometidos pelo cantor Michael Jackson. O filme foca em dois homens que alegam terem sido vítimas de Michael quando crianças.

Leaving Neverland está disponível no serviço de streaming HBO Go.