CineBuzz
Viral / POLÊMICA

Empresa saudita usa funcionário como dispensador anticoronavírus e causa revolta

Petroleira Aramco revoltou internautas após atitude inusitada

Redação Publicado em 11/03/2020, às 13h54

Caso viralizou nas redes sociais - Twitter
Caso viralizou nas redes sociais - Twitter

Uma companhia de petróleo saudita chamada Aramco causou polêmica e revolta na internet ao fantasiar um funcionário de dispensador de gel para higiene das mãos visando combater o surto do coronavírus.

O funcionário em questão circulou por vários setores da empresa para que colegas pudessem realizar a higiene manual, contou o jornal Independent. Muitos internautas classificaram a situação como repugnante, humilhante, abusiva e racista.

Além de tudo, o funcionário também é um imigrante no país. Usuários chegaram a apontar a cena como um exemplo de "escravidão dos tempos modernos". Depois de toda a repercussão negativa, a Aramco resolveu se desculpar em nota oficial.

+Leia mais: Conferência sobre coronavírus é cancelada por causa do...Coronavírus

"Com relação às imagens divulgadas nas mídias sociais de um colega usando o que parece ser higienizador dentro de uma de nossas instalações, a Aramco gostaria de expressar sua forte insatisfação com o comportamento que pretendia enfatizar a importância da higiene."

Veja as imagens:

A própria empresa também reconheceu a ação como um comportamento abusivo. Na Arábia Saudita, cerca de 20 pessoas já foram diagnosticadas com o covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus.

 

 


5 ROUPAS DE BANDA PARA VOCÊ DEMONSTRAR SEU AMOR DE FÃ

1. Camiseta Coldplay:  https://amzn.to/37BruEk

2. Camiseta Arctic Monkeys:  https://amzn.to/2u20FtG

3. Camiseta infantil The Doors: https://amzn.to/33ivgij

4. Camiseta Queen:  https://amzn.to/2ro8msN

5. Body Beatles: https://amzn.to/33ium5p

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a Exitoína pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.