CineBuzz
Viral / EITA

Repórter passa apuros com guaxinim antes de entrada ao vivo na Casa Branca; veja o vídeo

Joe Johns foi importunado pelo animal em reportagem da CNN

Redação Publicado em 07/10/2020, às 18h39 - Atualizado às 19h52

Joe Johns, da CNN, em tentativa de entrada ao vivo - Youtube
Joe Johns, da CNN, em tentativa de entrada ao vivo - Youtube

Um repórter da CNN acabou passando apuros com um guaxinim durante tentativa de uma entrada ao vivo em frente a Casa Branca, nos Estados Unidos.

Joe Johns aparece brigando com o animal, que parece estar passeando a sua volta, e acaba pegando o bicho na mão para conseguir realizar a reportagem.

+ Leia Mais: Briga rouba a cena durante reportagem no "Encontro com Fátima Bernardes"

A cena foi flagrada pouco tempo antes de Johns entrar oficialmente ao vivo e foi parar nas redes sociais. O detalhe que chama a atenção são as expressões faciais do jornalista. Confira o vídeo:

Em agosto, a repórter Alex Holley, que comanda o programa norte-americano "Good Day Philadelphia", não conseguiu conter a emoção ao falar sobre a nova música de trabalho de Beyoncé, intitulada "Already".

Enquanto a reportagem mostrava detalhes do clipe, lançado no YouTube há algumas semanas, ela não reparou que estava ao vivo e foi flagrada dançando ao som do single - que faz parte do projeto "Black is King". Clique aqui para ver.

 


+ Já pensou poder controlar as tarefas do seu dia a dia de uma maneira super tecnológica! Acredite se quiser, mas isso já é possível com os dispositivos Echo! Controlados pela Alexa, assistente de voz da Amazon, com eles você pode realizar diversas atividades por meio de alguns comandos. Confira:

1. Echo Dot 3ª geração: https://amzn.to/2Ty61aI

2. Echo Show 5: https://amzn.to/366fSae

3. Echo 3ª geração: https://amzn.to/2Ny2ghp

4. Echo Show 8: https://amzn.to/2PO3x5f

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a Exitoína pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.