CineBuzz
Busca
Facebook CineBuzzTwitter CineBuzzInstagram CineBuzz
Cinema / LUTO

Angelo Badalamenti, compositor de "Twin Peaks", morre aos 85 anos

Compositor também ficou conhecido por outras parcerias com o diretor David Lynch

ANGELO CORDEIRO | @ANGELOCINEFILO Publicado em 13/12/2022, às 09h34

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Angelo Badalamenti, compositor de "Twin Peaks", morre aos 85 anos - Divulgação/Getty Images: Kevin Winter
Angelo Badalamenti, compositor de "Twin Peaks", morre aos 85 anos - Divulgação/Getty Images: Kevin Winter

Angelo Badalamenti, compositor aclamado por seu trabalho na série "Twin Peaks" (1989-2017) e por outras parcerias com o diretor David Lynch, morreu aos 85 anos de causas naturais. A notícia foi confirmada pela família ao The Hollywood Reporter.

Badalamenti foi "descoberto" por Lynch em 1985, quando foi contratado como técnico vocal de Isabella Rossellini para "Veludo Azul". Ele e a atriz trabalharam juntos na versão de "Blue Velvet" cantada por ela no filme, e Badalamenti acabou assumindo a composição de toda a trilha sonora do filme, incluindo a memorável canção original "Mysteries of Love", entoada por Julee Cruise.

A partir daí, Lynch e Badalamenti formaram uma parceria que foi além de "Twin Peaks", pela qual Badalamenti foi indicado a três Emmys e venceu um Grammy, como também para os filmes "Coração Selvagem" (1990), "Os Últimos Dias de Laura Palmer" (2002), "Estrada Perdida" (1997), "Uma História Real" (1999) e "Cidade dos Sonhos" (2001).

Badalamenti e Lynch também trabalharam juntos em álbuns, incluindo na produção de "Floating Into the Night" (1989) e "The Voice of Love" (1993), de Julee Cruise, e no projeto de jazz "Thought Gang" (2018).

O processo de colaboração dos dois era único, com Lynch descrevendo suas ideias para um filme enquanto Badalamenti improvisava notas no piano. Segundo o compositor, boa parte da trilha de "Twin Peaks" foi escrita sem que ele visse "um frame sequer da série completa".

Além dos filmes de Lynch, Badalamenti compôs trilhas sonoras para títulos como "Férias Frustradas de Natal" (1989), "O Suspeito da Rua Arlington" (1999), "Fogo Sagrado!" (1999), "A Praia" (2000), "Secretária" (2002), "Cabana do Inferno" (2002), "Eterno Amor" (2004), "Água Negra" (2005) e "O Sacrifício" (2006).

Antes e depois de seu sucesso no cinema, Badalamenti ainda trabalhou como compositor de canções para artistas renomados de uma variedade de gêneros, como Nina Simone ("He Ain't Comin' Home No More", "Another Spring"), Shirley Bassey, David Bowie, Paul McCartney, Liza Minnelli, Pet Shop Boys e LL Cool J.

Badalamenti deixa a esposa, Lonny, uma artista com quem se casou em 1968; e a filha do casal, Danielle.

Qual foi o melhor filme de 2022 até agora? Vote no seu favorito!

  • "Pânico"
  • "Spencer"
  • "Licorice Pizza"
  • "The Batman"
  • "Medida Provisória"
  • "Animais Fantásticos: Os Segredos de Dumbledore"
  • "Doutor Estranho no Multiverso da Loucura"
  • "Top Gun: Maverick"
  • "Jurassic World: Domínio"
  • "Lightyear"
  • "Tudo em Todo o Lugar ao Mesmo Tempo"
  • "Thor: Amor e Trovão"
  • "X: A Marca da Morte"
  • "Não! Não Olhe!"
  • "Marte Um"
  • "A Mulher Rei"
  • "Abracadabra 2"
  • "Adão Negro"
  • "Pantera Negra: Wakanda Para Sempre"
  • "Até os Ossos"

+ Já segue o CineBuzz nas redes sociais? Então não perde tempo!


Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!