CineBuzz
Facebook CineBuzzTwitter CineBuzzInstagram CineBuzz
Cinema / ENTREVISTA

Marcos Mion rebate críticas a escolha como Buzz Lightyear e pede: "Dê uma chance para se surpreender"

Apresentador do "Caldeirão" foi criticado ao ser escolhido para substituir Guilherme Briggs, dublador do astronauta em "Toy Story"

Henrique Nascimento | @hc_nascimento Publicado em 14/06/2022, às 14h45 - Atualizado em 16/06/2022, às 14h45

Marcos Mion foi criticado ao ser escolhido para substituir Guilherme Briggs, dublador do astronauta em "Toy Story", mas pediu uma chance aos fãs - Globo/João Miguel Júnior/Divulgação/Disney-Pixar
Marcos Mion foi criticado ao ser escolhido para substituir Guilherme Briggs, dublador do astronauta em "Toy Story", mas pediu uma chance aos fãs - Globo/João Miguel Júnior/Divulgação/Disney-Pixar

"Tem o anúncio, aí entra no buraco das dúvidas, do questionamento, você consegue levantar a nave, ela quase pega na falésia, mas você levanta voo", definiu Marcos Mion sobre os dias após ter sido anunciado como a nova voz de Buzz Lightyear em "Lightyear", derivado de "Toy Story", que estreia nesta quinta-feira (16) nos cinemas brasileiros.

Acostumados com a voz de Guilherme Briggs, que viveu o boneco por mais de vinte anos na versão nacional da franquia da Disney-Pixar, os fãs não ficaram muito felizes com a mudança para o apresentador do "Caldeirão", da TV Globo, conhecido por ter um jeito único de falar. Em entrevista ao CineBuzz, Mion disse que já esperava a reação negativa dos fãs mais "hardcore" de "Toy Story":

"A responsabilidade de aceitar um convite desses traz uma bagagem. Você já consegue imaginar como aquela situação vai ser. A gente está mexendo com o imaginário, a memória de milhões de pessoas, E a voz do boneco, que as pessoas relacionavam até então, era a do Guilherme", reconheceu.

"Agora, ao mesmo tempo, eu tinha um feedback diário da equipe, da Disney, da Pixar, de todos que trabalhavam comigo, do quão bom estava ficando e eu sabia a minha dedicação. Eu não estava fazendo de qualquer jeito. Eu estava dedicado até o osso", afirmou Mion. O apresentador ainda disse que visitou diversos perfis dos fãs de "Toy Story" para dizer que os entendia por estarem chateados com a mudança:

"Eu entrei em vários perfis de fãs e falei: 'cara, eu te entendo. Eu também não quero ver o boneco Buzz com outra voz que não seja a do Briggs. Eu te entendo muito. Mas quando você for ao cinema, vá no dublado e deixa uma brechinha aberta no seu coração só para se surpreender. Porque, se você entrar fechado, obviamente não vai gostar, mas deixa ali só uma frestinha para te dar a chance de se surpreender. Porque pode ser que você goste, pode ser que fique bom'". Confira a entrevista completa com Marcos Mion sobre "Lightyear":


+ Já segue o CineBuzz nas redes sociais? Então não perde tempo!