CineBuzz
Busca
Facebook CineBuzzTwitter CineBuzzInstagram CineBuzz

Acusadora de Armie Hammer critica exploração da série documental: "Eles me lembram o que Armie fez"

"House of Hammer: Segredos de Família" já está disponível no Discovery+

ANGELO CORDEIRO | @ANGELOCINEFILO Publicado em 05/09/2022, às 17h14

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Acusadora de Armie Hammer critica exploração da série documental: "Eles me lembram o que Armie fez" - Divulgação/Discovery+
Acusadora de Armie Hammer critica exploração da série documental: "Eles me lembram o que Armie fez" - Divulgação/Discovery+

Uma das mulheres que acusaram o ator Armie Hammer de abuso sexual, nomeada na imprensa apenas como Effie para proteger sua identidade, criticou a produção da série documental "House of Hammer".

Ao Los Angeles Times, Effie disse considerar "inapropriada a produção de uma série que explore momentos tão trágicos e vulneráveis na vida de tentas pessoas, sem nenhuma consideração sobre o processo de cura dessas pessoas ou sua privacidade".

A acusadora de Hammer ainda detonou os diretores Elli Hakami e Julian P. Hobbs por utilizar prints de seu post inicial no Instagram fazendo a denúncia contra o ator, além de um breve clipe da coletiva de imprensa que ela fez em 2021 ao lado de sua advogada, Gloria Allred.

"A forma como eles exploram o meu trauma é nojenta", disse Effie, que alegou ter sido abordada pela equipe do documentário e recusado uma entrevista. "Quando eu estou gritando 'não' e mesmo assim eles continuam, dizendo que não precisam da minha permissão, eles me lembram do que Armie fez".

Apesar da recusa de Effie, a advogada dela participa brevemente de "House of Hammer", concedendo uma entrevista aos diretores e dizendo: "Ter fetiches não é contra a lei. Estupro é".

Enquanto isso, ao Los Angeles Times, o diretor Hobbs declarou: "Effie tem deixado bem claro a sua crença de que fazer qualquer tipo de mídia sobre esses eventos seria problemático. Como cineastas, não pensamos da mesma forma. Sentimos, na verdade, que temos uma obrigação em contar essa história".

ENTENDA O CASO ARMIE HAMMER

No início de 2021, supostas mensagens creditadas a Armie Hammer faziam relação a canibalismo. Nelas, o ator confessava ser "100% canibal" e afirmava que queria comer e beber o sangue de suas vítimas: "Eu quero comer você. P**ra, isso é assustador de admitir. Eu nunca admiti isso antes. Eu já cortei o coração de um animal vivo e comi enquanto ainda estava quente", teria escrito o ator.

Ainda neste período, ex-companheiras do astro compartilharam relatos sobre abusos sexuais e físicos que teriam sofrido por ele durante os respectivos relacionamentos. Na época, Armie negou os rumores e não quis comentar sobre o assunto. Posterioremente, ele se internou em uma clínica de reabilitação.

Apesar das negações, Armie desistiu de todos os seus projetos futuros, incluindo uma série de TV sobre a produção de "O Poderoso Chefão" ("The Offer") e a comédia romântica "Shotgun Wedding", estrelada por Jennifer Lopez. Seu último trabalho nos cinemas foi em "Morte no Nilo", lançado em março deste ano.

Recentemente, a Variety revelou que Armie teria abandonado a profissão de ator para trabalhar em um resort nas Ilhas Cayman, com a intenção de cuidar financeiramente dos dois filhos, além de estar próximo deles. As crianças são frutos do relacionamento com Elizabeth Chambers, de quem o ex-ator se divorciou logo após as denúncias.


E lá se foi metade do ano... Até agora, qual foi o melhor filme de 2022?

  • "O Beco do Pesadelo"
  • "Spencer"
  • "Morte no Nilo"
  • "Uncharted"
  • "Licorice Pizza"
  • "The Batman"
  • "Sonic 2: O Filme"
  • "Medida Provisória"
  • "Animais Fantásticos: Os Segredos de Dumbledore"
  • "Doutor Estranho no Multiverso da Loucura"
  • "O Homem do Norte"
  • "O Peso do Talento"
  • "Top Gun: Maverick"
  • "Jurassic World: Domínio"
  • "Lightyear"
  • "Tudo em Todo o Lugar ao Mesmo Tempo"

+ Já segue o CineBuzz nas redes sociais? Então não perde tempo!


Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!