CineBuzz
Busca
Facebook CineBuzzTwitter CineBuzzInstagram CineBuzz
#CineBuzzJáViu / CRÍTICA

Após quase 30 anos, irmãs Sanderson retornam com a mesma sintonia no divertido "Abracadabra 2" | #CineBuzzIndica

Sequência do filme de 1993 estreia no Disney+ nesta sexta-feira (30)

ANGELO CORDEIRO | @ANGELOCINEFILO Publicado em 29/09/2022, às 12h20

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Após quase 30 anos, irmãs Sanderson retornam com a mesma sintonia no divertido "Abracadabra 2" - Divulgação/Disney
Após quase 30 anos, irmãs Sanderson retornam com a mesma sintonia no divertido "Abracadabra 2" - Divulgação/Disney

Outro dia estava conversando com um amigo, também crítico de cinema, sobre revisitar filmes da nossa infância pelos quais guardamos grande carinho. Quando revistas, algumas destas obras ainda funcionam muito bem, é o caso de “A História Sem Fim”, citado na conversa, já outros não envelhecem tão bem com o passar dos anos. A verdade é que os filmes não mudam, mas nós sim.

O mercado também mudou. Nos últimos anos, tem sido uma tendência em Hollywood resgatar histórias do passado para mexer com a nostalgia do público. Volta e meia surge nos cinemas - ou no streaming - alguma continuação, remake ou reboot de filmes de dez, vinte ou trinta anos atrás. Um exemplo recente é “Os Caça-Fantasmas: Mais Além” que trouxe de volta uma das franquias mais queridas dos anos 80.

E quem mais mexe nessa “caixa de Pandora” é a Disney, que já adquiriu tantas empresas por aí - da Lucasfilm à Fox - e segue aumentando o seu leque de produções. Vale lembrar de outro filme recente: “Esqueceram de Mim no Lar, Doce Lar”, uma tentativa falha da casa do Mickey em mexer com outro queridinho dos anos 80. Lançado também diretamente no streaming Disney+, o reboot não agradou nem o público e nem a crítica.

É que mexer com o que está quieto não é tão simples. Não basta entregar ao público a possibilidade de rever “velhos amigos” ou contar histórias do passado sem ter em mente que muita coisa mudou. O público é exigente quando falamos de nostalgia, e em muitos casos isso evidencia a falta de criatividade da indústria hollywoodiana nos últimos anos. Será mesmo que é preciso revisitar as fitas que estão lá, quietinhas, e trazê-las de volta?

Por isso, é compreensível quem vai ficar temeroso com a nova sequência de “Abracadabra”, que retorna quase 30 anos depois, agora diretamente no Disney+. O filme de 1993 foi um grande sucesso para a geração de sua época e segue até hoje com uma legião de fãs que adoram e veneram as irmãs Sanderson, vividas pelo trio Bette Midler, Sarah Jessica Parker e Kathy Najimy.

O coreógrafo Kenny Ortega, diretor do original e também da trilogia de “High School Musical”, não retornou para a sequência, dando lugar a Anne Fletcher, também coreógrafa e diretora de “A Proposta” e “Vestida para Casar”. O roteiro é da jovem estreante em textos para o cinema, Jen D’Angelo. Ou seja, tudo parecia rumar para um retorno bastante questionável, mas… não é bem assim.

Na trama de “Abracadabra 2”, a Vela da Chama Negra é acesa novamente e as bruxas Winnie (Midler), Sarah (Parker) e Mary (Najimy) retornam a Salem após 29 anos. Dessa vez, caberá a três adolescentes (vividas pelas atrizes Whitney Peak, Lilia Buckingham e Belissa Escobedo) impedir que as bruxas tragam um novo tipo de caos à cidade, antes do amanhecer da véspera do Dia de Todos os Santos - o Halloween.

É prazeroso notar como Fletcher e D’Angelo trabalham em parceria para evocar o que “Abracadabra” sempre teve de melhor: a sintonia entre o trio de bruxas. Diferentemente do que acontece em “Os Caça-Fantasmas: Mais Além”, que escondeu os personagens dos filmes originais até os instantes finais, aqui, a intenção é justamente mostrar como Midler, Parker e Najimy seguem do mesmo jeitinho: atrapalhadamente divertidas.

O sentimento nostálgico da infância toma conta da narrativa de um jeito especial. O roteiro se adequa a algumas narrativas do cinema contemporâneo sem torná-las centrais e, assim, “Abracadabra 2” vai despertando sensações ao oferecer não uma releitura, mas sim uma tentativa de atrair um novo público ao mesmo tempo que busca agradar os fãs das antigas. Isso fica claro quando o filme não tenta emplacar uma nova “I Put a Spell On You”, apostando em uma reentrada simpática do trio de bruxas, além de uma sequência com várias pessoas da cidade que me remeteu ao clipe “Thriller”, de Michael Jackson.

E por falar no famoso clipe, conhecido por seus zumbis, Billy Butcherson é outro personagem que retorna como se não tivesse passado tanto tempo assim. O personagem do camaleão Doug Jones emana a mesma simpatia de antigamente. Se o ator brincou durante a coletiva de imprensa que os 60 anos lhe pesaram durante as filmagens, o que vemos em tela é o retorno triunfal de alguém que parece em plena forma.

Já quem não está tão em forma assim são as irmãs Sanderson - e não me entenda errado, elas estão com a mesma vibe. O que quero dizer é que as bruxas passaram tanto tempo fora de circulação que em seu retorno encontraram uma realidade completamente distinta da que conheciam. Ora, imagine ser uma bruxa que já viveu no século XVII e nos anos 90 e que agora ressurge em uma sociedade com aparelhos celulares, produtos cosméticos e muito mais. Essa desconexão fica evidente na sequência em que Winnie, Mary e Sarah conhecem loções, cremes e máscaras faciais. Uma das mais hilárias da história.

Ao final, é por tudo isso que “Abracadabra 2” funciona tão bem. O longa é uma aula de como resgatar aquela sensação nostálgica das tardes em frente à TV da qual os fãs do filme de 1993 se lembram tão bem. Se o trio de adolescentes aqui não é tão carismático quanto o do original, as irmãs Sanderson compensam todo o resto, provando que todas seguem em plena forma e que, às vezes, retornar a certos filmes da infância, e rever personagens que fizeram parte dela, faz bem.


Com muitos lançamentos vindo ainda em 2022, qual você está mais ansioso(a) para assistir? Vote no seu favorito!

  • "Blonde" (Estreia em 28/09)
  • "Morte Morte Morte" (Estreia em 06/10)
  • "Amsterdã" (Estreia em 06/10)
  • "Halloweens Ends" (Estreia em 13/10)
  • "Adão Negro" (Estreia em 20/10)
  • "Pantera Negra: Wakanda Para Sempre" (Estreia em 10/11)
  • "Avatar: O Caminho da Água" (Estreia em 15/12)
  • "Glass Onion: Um Mistério Knives Out" (Estreia em 23/12)

+ Já segue o CineBuzz nas redes sociais? Então não perde tempo!


Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!