CineBuzz
#CineBuzzJáViu / NOVIDADE

“Cruella” acerta ao equilibrar vilania e carisma da personagem | #CineBuzzIndica

Filme chega aos cinemas nesta quinta (27) e no Disney, pelo “Premier Access”, na sexta (28)

Vitor Balciunas | @vetors Publicado em 27/05/2021, às 12h00

“Cruella” acerta ao equilibrar vilania e carisma da personagem - Reprodução/Disney
“Cruella” acerta ao equilibrar vilania e carisma da personagem - Reprodução/Disney

Chega aos cinemas, nesta quinta-feira (27), o longa “Cruella”, nova produção da Disney sobre o passado da vilã obcecada em transformar filhos de dálmatas em casacos de pele, e, no #CineBuzzIndica, nós te contamos o que achamos do filme.

O longa entrega ao espectador um show digno de uma semana de moda parisiense com excelentes atuações. Muito além de designs impecáveis e armações maquiavélicas, “Cruella” conta a história de uma vilã diabólica escapando de armadilhas emocionais que pudessem legitimar comportamentos vilanescos apresentando uma dose perfeita de loucura e genialidade que existem na malvada em ascensão, permitindo até que você torça por seu sucesso. 

A história, dirigida por Craig Gillespie (“Eu, Tonya”), segue um certo padrão Disney ao apostar em um drama familiar para movimentar os acontecimentos, mas nem por isso perde sua faceta mais obscura e cria uma atmosfera visual cheia de referências ao punk rock, que dominou a cena musical e estilo dos anos 70 em Londres. 

Emma Thompson, conhecida por seu papel como a professora Trelawney na franquia “Harry Potter”, ganhou a missão de interpretar a inescrupulosa Baronesa, que serve como uma antecessora de Cruella no quesito de maldade e se torna sua grande antagonista com o desenvolver dos acontecimentos.

A produção ainda mostra comprometimento com a diversidade e conexão com os tempos atuais, acertando com a escalação de um elenco diversificado. Papéis como os de Anita Roger Darling, representados por atores brancos no longa de 1996, ganharam uma repaginada com Kirby Howell-Baptiste (“The Good Place”) e Kayvan Novak (“What We Do in the Shadows”) nesta nova versão. No entanto, o público ganha apenas um vislumbre desses personagens, que abrem espaço para o que, no futuro, pode vir a ser uma nova franquia do universo Disney.

Além da estreia nos cinemas, “Cruella” estará disponível no Disney+ e os interessados poderão assistir ao filme sem sair de casa e quantas vezes quiserem. Porém, será preciso pagar o valor de R$ 69,90, além da assinatura, para liberar o “Premier Access”.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por CineBuzz (@cinebuzzbr)