CineBuzz
Busca
Facebook CineBuzzTwitter CineBuzzInstagram CineBuzz

Academia decide manter indicação histórica de Andrea Riseborough ao Oscar 2023

Atriz corria o risco de ser desclassificada e perder a indicação ao prêmio de Melhor Atriz

Henrique Nascimento Publicado em 31/01/2023, às 19h00 - Atualizado em 01/02/2023, às 07h00

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Academia decide manter indicação histórica de Andrea Riseborough ao Oscar 2023 - Divulgação/Momentum Pictures
Academia decide manter indicação histórica de Andrea Riseborough ao Oscar 2023 - Divulgação/Momentum Pictures

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas analisou o caso e decidiu manter a indicação de Andrea Riseborough à categoria de Melhor Atriz no Oscar 2023. O anúncio dos indicados à 96ª edição do prêmio foi feito no último dia 24 e, logo em seguida, a campanha foi considerada ilegal e entrou em análise.

O debate sobre o assunto aconteceu nesta terça-feira (31), durante uma reunião do conselho de governadores da organização. Segundo Matthew Belloni, do site PUCK, membros analisariam se a campanha da atriz britânica, indicada pelo filme "To Leslie", teria descumprido uma das regras do estatuto da Academia.

A instituição alega ser extremamente proibido "entrar em contato com os membros da Academia diretamente e de maneira fora do escopo das regras para promover um filme ou uma conquista para a consideração do Oscar".

A campanha para Risenborough foi essencialmente feita por meio de postagens nas redes sociais de atores e jantares organizados por nomes como Courteney Cox, Gwyneth Paltrow, Jennifer Aniston, Demi Moore e outros. Falamos sobre a indicação histórica aqui.

Outro problema da campanha pela atriz teriam sido os e-mails enviados aos votantes por diversos atores, como Mary McCormack e outros, pedindo para que assistissem ao filme e indicassem Risenborough, o que vai contra as regras da Academia. Por fim, publicações nas redes sociais também estão sendo discutidas.

O que definiu a Academia?

“Com base em suspeitas que surgiram na semana passada a respeito da campanha de 'To Leslie' a prêmios, a Academia começou uma revisão às táticas do filme. Foi determinado que as atividades em questão não chegaram ao ponto de precisar revogar a indicação do longa", disse Bill Kramer, presidente da Academia, em comunicado divulgado à imprensa. "No entanto, nós descobrimos táticas de campanha e alcance nas redes sociais que causaram preocupação. Elas serão discutidas com os responsáveis diretamente."

“O propósito do regulamento de campanhas é assegurar um processo justo e ético –esses são os valores centrais da Academia. Com essa revisão, ficou aparente que partes das regras precisam ficar mais claras para que as campanhas sejam feitas de maneira mais respeitosa, inclusiva e imparcial", continuou o presidente.

"As mudanças serão feitas depois dessa temporada de premiações e serão compartilhadas com nossos membros. A Academia deseja criar um ambiente em que votos sejam dados levando em conta apenas os méritos artísticos e técnicos dos filmes elegíveis”, ainda disse Kramer.


Para qual lançamento de 2023 você está mais ansioso? Vote em seu filme favorito!

  • "Homem-Formiga e a Vespa: Quantumania" (16 de fevereiro)
  • "A Baleia" (23 de fevereiro)
  • "Pânico VI" (9 de março)
  • "Shazam! Fúria dos Deuses" (16 de março)
  • "John Wick 4: Baba Yaga" (23 de março)
  • "Super Mario Bros. O Filme" (30 de março)
  • "Dungeons & Dragons: Honra Entre Rebeldes" (13 de abril)
  • "Guardiões da Galáxia: Volume 3" (4 de maio)
  • "Velozes & Furiosos 10" (18 de maio)
  • "A Pequena Sereia" (25 de maio)
  • "Homem-Aranha: Através do Aranhaverso" (1º de junho)
  • "The Flash" (16 de junho)
  • "Indiana Jones e o Chamado do Destino" (29 de junho)
  • "Missão Impossível: Acerto de Contas - Parte 1" (13 de julho)
  • "Barbie" (20 de julho)
  • "Oppenheimer" (20 de julho)
  • "Besouro Azul" (17 de agosto)
  • "As Marvels" (27 de julho)
  • "Jogos Vorazes: A Cantiga dos Pássaros e das Serpentes" (16 de novembro)
  • "Aquaman e o Reino Perdido" (21 de dezembro)

+ Já segue o CineBuzz nas redes sociais? Então não perde tempo!


Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!