CineBuzz
Busca
Facebook CineBuzzTwitter CineBuzzInstagram CineBuzz
Cinema / OSCAR 2023

Andrea Riseborough fala sobre sua polêmica indicação ao Oscar

A indicação de Andrea na categoria de Melhor Atriz chegou a ser contestada

ANGELO CORDEIRO | @ANGELOCINEFILO Publicado em 16/02/2023, às 11h04

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Andrea Riseborough fala sobre sua polêmica indicação ao Oscar - Divulgação/Getty Images: Matt Winkelmeyer
Andrea Riseborough fala sobre sua polêmica indicação ao Oscar - Divulgação/Getty Images: Matt Winkelmeyer

Andrea Riseborough falou pela primeira vez sobre a polêmica envolvendo sua indicação ao Oscar de Melhor Atriz pelo filme "To Leslie". 

Em entrevista ao The Hollywood Reporter, Riseborough comentou que ainda não tem certeza sobre o que sentir ao competir a estatueta ao lado de grandes nomes como Cate Blanchett ("Tár"), Michelle Williams ("Os Fabelmans"), Ana de Armas ("Blonde") e Michelle Yeoh ("Tudo em Todo o Lugar ao Mesmo Tempo").

Acho que assim que tiver tempo para processar tudo, posso entender um pouco melhor”; disse Riseborough. "É maravilhoso que o filme esteja sendo visto. Suponho que seja um raio de luz realmente brilhante. Quando qualquer um de nós se envolve em alguma coisa, queremos que esse trabalho seja absorvido de alguma forma. Você não pode controlar como as pessoas o absorvem.

A atriz comentou ainda que acha que deve ser debatido o assunto sobre as medidas que precisa ser tomadas. "A campanha de premiação é tão acerbamente exclusiva como sempre foi. Não apenas faz sentido que essa conversa seja iniciada, mas é necessária. A indústria cinematográfica é terrivelmente desigual em termos de oportunidades."

Entenda o caso

De acordo com o The Hollywood Reporter, o estatuto das campanhas para o prêmio aponta ser extremamente proibido "entrar em contato com os membros da Academia diretamente e de maneira fora do escopo das regras para promover um filme ou uma conquista para a consideração do Oscar".

A campanha para Risenborough foi essencialmente feita por meio de postagens nas redes sociais de atores e jantares organizados por nomes como Courteney Cox, Gwyneth Paltrow, Jennifer Aniston, Demi Moore e outros. Falamos sobre a indicação histórica aqui.

Outro problema da campanha pela atriz teriam sido os e-mails enviados aos votantes por diversos atores, como Mary McCormack e outros, pedindo para que assistissem ao filme e indicassem Risenborough, o que vai contra as regras da Academia. Por fim, publicações nas redes sociais também estão sendo discutidas.

O que definiu a Academia?

“Com base em suspeitas que surgiram na semana passada a respeito da campanha de 'To Leslie' a prêmios, a Academia começou uma revisão às táticas do filme. Foi determinado que as atividades em questão não chegaram ao ponto de precisar revogar a indicação do longa", disse Bill Kramer, presidente da Academia, em comunicado divulgado à imprensa. "No entanto, nós descobrimos táticas de campanha e alcance nas redes sociais que causaram preocupação. Elas serão discutidas com os responsáveis diretamente."

“O propósito do regulamento de campanhas é assegurar um processo justo e ético –esses são os valores centrais da Academia. Com essa revisão, ficou aparente que partes das regras precisam ficar mais claras para que as campanhas sejam feitas de maneira mais respeitosa, inclusiva e imparcial", continuou o presidente.

"As mudanças serão feitas depois dessa temporada de premiações e serão compartilhadas com nossos membros. A Academia deseja criar um ambiente em que votos sejam dados levando em conta apenas os méritos artísticos e técnicos dos filmes elegíveis”, ainda disse Kramer.


Para qual lançamento de 2023 você está mais ansioso? Vote em seu filme favorito!

  • "Homem-Formiga e a Vespa: Quantumania" (16 de fevereiro)
  • "A Baleia" (23 de fevereiro)
  • "Pânico VI" (9 de março)
  • "Shazam! Fúria dos Deuses" (16 de março)
  • "John Wick 4: Baba Yaga" (23 de março)
  • "Super Mario Bros. O Filme" (30 de março)
  • "Dungeons & Dragons: Honra Entre Rebeldes" (13 de abril)
  • "Guardiões da Galáxia: Volume 3" (4 de maio)
  • "Velozes & Furiosos 10" (18 de maio)
  • "A Pequena Sereia" (25 de maio)
  • "Homem-Aranha: Através do Aranhaverso" (1º de junho)
  • "The Flash" (16 de junho)
  • "Indiana Jones e o Chamado do Destino" (29 de junho)
  • "Missão Impossível: Acerto de Contas - Parte 1" (13 de julho)
  • "Barbie" (20 de julho)
  • "Oppenheimer" (20 de julho)
  • "Besouro Azul" (17 de agosto)
  • "As Marvels" (27 de julho)
  • "Jogos Vorazes: A Cantiga dos Pássaros e das Serpentes" (16 de novembro)
  • "Aquaman e o Reino Perdido" (21 de dezembro)

+ Já segue o CineBuzz nas redes sociais? Então não perde tempo!


Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!