CineBuzz

"Friends" é censurada em streaming chinês e causa revolta entre os fãs

Referências a Carol, ex-mulher lésbica de Ross, foram removidas de um episódio

ANGELO CORDEIRO | @ANGELOCINEFILO Publicado em 14/02/2022, às 11h45

"Friends" é censurada em streaming chinês e causa revolta entre os fãs - Divulgação/Warner Bros. Television
"Friends" é censurada em streaming chinês e causa revolta entre os fãs - Divulgação/Warner Bros. Television

Após a polêmica envolvendo o final alterado de "Clube da Luta" no streaming chinês Tencent, mais uma produção sofreu censura no país: a sitcom "Friends" teve cenas de um episódio cortadas e causou revolta entre os fãs.

Fãs da sitcom dos anos 90 notaram que cenas foram cortadas ou redubladas para remover insinuações sexuais e até menções à personagem Carol (Jane Sibbett), ex-mulher lésbica de Ross (David Schwimmer). Os cortes acontecem em alguns dos serviços de streaming mais populares da China, como Tencent, Youku e Bilibili.

Um diálogo em que Ross fala de Carol foi removido completamente de um dos episódios da 1ª temporada, enquanto outro, em que Joey (Matt LeBlanc) sugere ir ao clube de strip, foi redublado para que o personagem diga que os amigos devem "sair para brincar".

No Weibo, a principal rede social da China, a hashtag #FriendsHasBeenCensored ("Friends foi censurada") chegou a aparecer entre as mais comentadas do momento, de acordo com a agência de notícias Reuters.

"Friends" já havia sido censurada em outra ocasião na China quando a recente reunião do elenco lançada pela HBO Max teve vários momentos cortados ao chegar no país - especificamente, as participações dos artistas Justin Bieber, Lady Gaga e BTS.

As 10 temporadas de "Friends" estão disponíveis na HBO Max.