CineBuzz
Busca
Facebook CineBuzzTwitter CineBuzzInstagram CineBuzz
Famosos / EITA!

Armie Hammer abre o jogo sobre acusações de abuso sexual e canibalismo

De acordo com Armie, sua conduta é consequência de um abuso sexual sofrido aos 13 anos

ANGELO CORDEIRO | @ANGELOCINEFILO Publicado em 06/02/2023, às 17h57

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Armie Hammer abre o jogo sobre acusações de abuso sexual e canibalismo - Divulgação/Getty Images: Lars Niki
Armie Hammer abre o jogo sobre acusações de abuso sexual e canibalismo - Divulgação/Getty Images: Lars Niki

Armie Hammer finalmente quebrou o silêncio sobre as acusações de abuso sexual e canibalismo após dois anos longe dos holofotes. Em entrevista recente ao Air Mail, o ator revelou que pensou em se suicidar quando as denúncias aconteceram.

Segundo o ator, sua conduta tóxica com as mulheres é consequência de um abuso sexual que ele sofreu por um pastor quando tinha 13 anos. “Eu estava impotente naquela situação. Eu não tinha gerência na situação. A sexualidade foi apresentada a mim de uma forma assustadora onde eu não tinha controle. Meus interesses foram: quero ter controle da situação, sexualmente falando”, revelou.

Apesar de admitir seu comportamento tóxico, Armie nega que tenha cometido os crimes dos quais foi acusado. “Eu estava com essas mulheres jovens, de 20 e poucos anos, enquanto eu tinha mais de 30. Eu era um ator de sucesso naquele momento. Elas poderiam ter ficado felizes só por estarem comigo, podem ter dito 'sim' para as coisas às quais talvez elas não diriam por vontade própria. Havia um desequilíbrio de poder na situação".

Ele confessou ainda que pensou em tirar a própria vida no auge da polêmica, mas desistiu por causa dos filhos. "Apenas entrei no oceano, nadei o mais longe possível e esperei para me afogar, ou que fosse atropelado por um barco ou comido por um tubarão. Foi quando percebi que meus filhos estavam na praia e que não poderia fazer isso com eles”, contou.

Armie diz estar pronto para "assumir meus erros e a responsabilidade pelo fato de que fui um idiota, que fui egoísta, que usei as pessoas para me fazer sentir melhor e, quando terminei, segui em frente". O ator também garante que agora é "uma pessoa mais saudável, mais feliz e mais equilibrada".

"Sou capaz de estar ao lado dos meus filhos de uma forma que nunca estive... Sou muito grato pela minha vida, minha recuperação e tudo mais. Eu não voltaria e desfaria tudo o que aconteceu comigo", afirmou.

O ator não deixou de criticar a "cultura do cancelamento" por não permitir a “redenção” de quem errou. Além disso, contou que o também ator, Robert Downey Jr., foi a pessoa que o ajudou quando ele “estava no fundo do poço”.

No minuto em que alguém faz algo errado, essa pessoa é dispensada. Não há chance para reabilitação. Quando jogam alguém como eu no fogo para se protegerem, tudo que estão fazendo é tornar o fogo maior. E agora esse fogo está fora de controle e vai queimar todo mundo", disse o ator.

ENTENDA O CASO ARMIE HAMMER

No início de 2021, supostas mensagens creditadas a Armie Hammer faziam relação a canibalismo. Nelas, o ator confessava ser "100% canibal" e afirmava que queria comer e beber o sangue de suas vítimas: "Eu quero comer você. P**ra, isso é assustador de admitir. Eu nunca admiti isso antes. Eu já cortei o coração de um animal vivo e comi enquanto ainda estava quente", teria escrito o ator.

Ainda neste período, ex-companheiras do astro compartilharam relatos sobre abusos sexuais e físicos que teriam sofrido por ele durante os respectivos relacionamentos. Na época, Armie negou os rumores e não quis comentar sobre o assunto. Posterioremente, ele se internou em uma clínica de reabilitação.

Apesar das negações, Armie desistiu de todos os seus projetos futuros, incluindo uma série de TV sobre a produção de "O Poderoso Chefão" ("The Offer") e a comédia romântica "Shotgun Wedding", estrelada por Jennifer Lopez. Seu último trabalho nos cinemas foi em "Morte no Nilo", lançado em março deste ano.

Recentemente, a Variety revelou que Armie teria abandonado a profissão de ator para trabalhar em um resort nas Ilhas Cayman, com a intenção de cuidar financeiramente dos dois filhos, além de estar próximo deles. As crianças são frutos do relacionamento com Elizabeth Chambers, de quem o ex-ator se divorciou alguns meses antes das denúncias. 

"Deadpool 3", "Quarteto Fantástico" e mais: qual é a produção mais aguardada do Universo Cinematográfico da Marvel? Vote!

  • "Pantera Negra: Wakanda Para Sempre" (10 de novembro nos cinemas brasileiros)
  • "Guardiões da Galáxia: Especial de Natal" (25 de novembro no Disney+)
  • "What If...?" - 2ª Temporada (Início de 2023 no Disney+)
  • "Homem-Formiga e a Vespa: Quantumania" (16 de fevereiro de 2023 nos cinemas brasileiros)
  • "Invasão Secreta" (Entre março e junho de 2023 no Disney+)
  • "Guardiões da Galáxia 3" (4 de maio de 2023 nos cinemas brasileiros)
  • "Echo" (Entre junho e agosto de 2023 no Disney+)
  • "As Marvels" (27 de julho de 2023 nos cinemas brasileiros)
  • "Loki" - 2ª Temporada (Entre junho e agosto de 2023 no Disney+)
  • "Coração de Ferro" (Entre setembro e novembro de 2023 no Disney+)
  • "Agatha: Coven of Chaos" (Fim de 2023/Início de 2024 no Disney+)
  • "Capitão América: Nova Ordem Mundial" (2 de maio de 2024 nos cinemas brasileiros)
  • "Daredevil: Born Again" (Entre março e junho de 2024 no Disney+)
  • "Thunderbolts" (25 de julho de 2024 nos cinemas brasileiros)
  • "Blade" (5 de setembro de 2024 nos cinemas brasileiros)
  • "Deadpool 3" (7 de novembro de 2024 nos cinemas brasileiros)
  • "Quarteto Fantástico" (13 de fevereiro de 2025 nos cinemas brasileiros)
  • "Vingadores: A Dinastia Kang" (1º de Maio de 2025 nos cinemas brasileiros)
  • "Vingadores: Guerras Secretas" (30 de abril de 2026 nos cinemas brasileiros)

+ Já segue o CineBuzz nas redes sociais? Então não perde tempo!


Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!