CineBuzz
Busca
Facebook CineBuzzTwitter CineBuzzInstagram CineBuzz
Famosos / Eita!

Ex-estrela da Disney agora é atriz pornô, e afirma que produtores a faziam provar lingerie nos bastidores de série famosa

Atriz que atuou no famoso seriado da Disney, “O Mundo é dos Jovens”, relata suas experiências nos bastidores da empresa. Confira!

Redação Publicado em 12/09/2022, às 21h00

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Atriz que atuou no famoso seriado “O Mundo é dos Jovens”, relata suas experiências nos bastidores da empresa. Confira! - Getty Images
Atriz que atuou no famoso seriado “O Mundo é dos Jovens”, relata suas experiências nos bastidores da empresa. Confira! - Getty Images

Certamente você conhece Maitland Ward! Diretamente dos anos de 1990, a estrela deu vida à Rachel McGuire no seriado O Mundo é dos Jovens(Boy Meets World). Anos depois, a atriz ganhou mais destaque após sua participação no sucesso As Branquelas, porém, Ward decidiu caminhar para um ramo diferente da indústria Hollywoodiana, e deu início à uma carreira premiada em filmes pornográficos.

Não é de hoje que as ex-estrelas da Disney compartilham os problemas dos bastidores na empresa do Mickey. Famosos como Miley Cyrus e Bella Thorne já relataram, em diversas entrevistas, suas experiências, e agora, foi a vez de Maitland Ward desabafar sobre o seu passado em uma autobiografia chamada Rated X.

No livro, Ward conta mais sobre os bastidores de Hollywood durante os anos em que viveu na indústria audiovisual. O jornal New York Post teve acesso a alguns trechos do livro, e compartilhou os abusos cometidos por executivos da Disney nos corredores da série contra a estrela.

Me pediam para experimentar lingerie para os produtores de Boy Meets World no escritório. Isso aconteceu mais de uma vez, pois Rachel era a única personagem a tirar a roupa consistentemente. Uma assistente me pegava no camarim e me levava para o andar de cima, onde eu teria uma série de opções, algumas divertidas e femininas, algumas tão provocantes que eu sabia que a Disney nunca aprovaria, mas ainda assim eu as experimentava. Eu me despia atrás de uma cortina tão fina que tenho certeza que eles podiam ver a silhueta do meu corpo nu. Enquanto eu me trocava, podia ouvir o grupo deles – principalmente homens – conversando e rindo como uma platéia antes de um show. Quando saía, era instruída a ficar no centro enquanto eles faziam seus julgamentos sobre se mostrava demais ou não, discutindo se era o suficiente para deixar os meninos excitados

Além desse relato, Maitland também revelou que as cenas provocantes serviam para que ela passasse a ser mais objetificava, ganhando mais tempo de exposição durante os episódios. Refletindo sobre as outras formas de abordagem do assunto, ela completa:

Não posso dizer que não gostava da atenção. A plateia assobiava quando eu subia no palco e começava a dançar. Havia algo empolgante nos globos oculares fixados no meu corpo seminu, embora eu ainda não estivesse totalmente confortável com o meu corpo na época. O grau da minha nudez não foi o problema que tive com a coisa toda. Na verdade, se eles tivessem vindo até mim e me perguntado sobre o assunto, eu teria me divertido muito com isso. O que me incomodava era que eu nunca conseguia superar a sensação de que os roteiristas estavam se divertindo às minhas custas e me desvalorizando – como se eu fosse uma sacada para uma piada que eu nunca teria conhecimento

+ Já segue o CineBuzz nas redes sociais? Então não perde tempo!

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!